Rede aleluia
Rapper americano implanta diamante rosa na testa
São Paulo
Centro-Oeste
Distrito Federal
Brasília
Goiás
AnápolisGoiânia
Mato Grosso
Cuiabá
Mato Grosso do Sul
Campo Grande
Nordeste
Alagoas
Maceió
Bahia
Feira de SantanaIlhéusItabunaSalvador
Ceará
Fortaleza
Maranhão
São Luís
Paraíba
João Pessoa
Pernambuco
Recife
Piauí
Teresina
Rio Grande do Norte
Natal
Sergipe
Aracaju
Norte
Acre
Rio Branco
Amapá
Macapá
Amazonas
Manaus
Pará
Belém
Rondônia
Porto Velho
Roraima
Boa Vista
Tocantins
Palmas
Sudeste
Espírito Santo
Vitória
Minas Gerais
Belo HorizonteJuiz de ForaUberlândia
Rio de Janeiro
Angra dos ReisBarra MansaCampos dos GoytacazesMacaéRio de JaneiroVolta RedondaCabo Frio
São Paulo
AraçatubaAraraquaraBauruCampinasCatanduvaFrancaJaúJundiaíLimeiraMaríliaPiracicabaPraia GrandePresidente PrudenteRibeirão PretoSantosSão CarlosSão João da Boa VistaSão José do Rio PretoSão José dos CamposSão PauloSorocabaTaubatéVotuporanga
Sul
Paraná
CascavelCuritibaFoz do IguaçuLondrinaMaringáPonta Grossa
Rio Grande do Sul
PelotasPorto AlegreRio GrandeSanta Maria
Santa Catarina
BlumenauCriciúmaFlorianópolis

Notícias | 23 de Fevereiro de 2021 - 23:06


Rapper americano implanta diamante rosa na testa

Recentemente, ele anunciou pelas redes sociais o interesse de inserir, também, um chip no cérebro. Entenda o motivo

Rapper americano implanta diamante rosa na testa

No inicio de fevereiro, o rapper americano Lil Uzi Vert surpreendeu milhares de pessoas. O motivo foi sua mais nova aquisição: um diamante rosa, porém, o que deixou as pessoas abismadas foi o fato de ele implantar esse diamante na testa.

O investimento está estimado no valor de US$ 24 milhões, o equivalente a R$ 128,6 milhões de reais. O rapper chegou a publicar um vídeo em seu Instagram mostrando a peça na testa. “Beleza é dor”, escreveu ele na legenda.

Além disso, recentemente ele voltou a publicar no twitter seu interesse em inserir no cérebro um chip, que segundo o fabricante, tem o plano de conectar o ser humano com as máquinas, estreitando a comunicação com robôs em um conceito futurístico.

O mal ao corpo

A verdade é que tudo que é extremo traz danos. Muitas pessoas se deixam levar por uma moda, uma emoção passageira e não pensam nos riscos que aquilo pode trazer. No caso da modificação corporal, infecções e problemas de cicatrização são só alguns deles.

Qualquer procedimento que envolve um ato cirúrgico, exige cuidado. Qual a motivação? Quais os riscos? Será que não é só para maquiar uma insegurança? Essas e outras perguntas devem ser feitas para que você identifique se há a necessidade de seguir em frente.

O mal à alma

Não  se pode deixar de considerar o peso espiritual que atitudes exageradas têm. O próprio Deus, em Sua Palavra, orienta que se deve ter equilíbrio em tudo e que os extremos são prejudiciais.

“Não seja demasiadamente justo, nem demasiadamente sábio; por que te destruirias a ti mesmo? Não seja demasiadamente ímpio, nem sejas louco; por que morrerias fora do teu tempo?” (Eclesiastes 7. 16 ao 17).

Enquanto a pessoa não souber dar atenção a todas as necessidades, ela viverá perdida e investindo em coisas que não trarão benefícios. Mas qual a solução para mudar isso? O Bispo Renato Cardoso lista três passos:

Identificar as áreas que estão descuidadas;

Ver o que você deveria estar fazendo por elas, mas não está;

Diminuir os excessos de uma área para aplicar-se mais nas outras que estão descuidadas, fazendo o que é preciso.

Para saber como se aproximar de Deus e conquistar uma vida equilibrada, assista às reuniões de domingo em uma Universal perto de você. Encontre aqui o endereço do templo mais próximo.


Rapper americano implanta diamante rosa na testa
  • Redação / Foto: Reprodução Instagram 


reportar erro