Rede aleluia

Notícias | 27 de janeiro de 2019 - 00:05


O Dia P e a mudança da mente

Nação dos 318: Uma grande multidão aprendeu mais sobre o poder da Palavra de Deus e a necessidade de ter um pacto com Ele

Quando a pessoa coloca a Palavra de Deus em prática acontecem coisas poderosas em sua vida. Enquanto Adão e Eva se mantiveram obedientes, usufruíram do melhor do Jardim do Éden; Sansão, enquanto manteve sua fidelidade a Deus, pôde combater os maiores inimigos com sua força inexplicável aos olhos humanos; Saul encontrou a direção certa para liderar o povo de Israel; e Judas desfrutou do privilégio de seguir e ser discípulo de Jesus. Mas tudo foi arruinado quando eles quebraram o compromisso que tinham com o Altíssimo.

Esse tema foi abordado pelo Bispo Edson Costa e acompanhado por milhares de pessoas que estiveram presentes ao Dia P: o dia da palavra, da profecia e da promessa na palestra da Nação dos 318. No encontro, que aconteceu ao longo do dia 14 de janeiro, uma segunda-feira, no Templo de Salomão, em São Paulo, elas decidiram firmar o pacto de fazer da Palavra de Deus sua bússola, seu manual para uma vida de bênçãos, e receberam uma Bíblia Edição Especial dos 318.

Lições
“Desde a menor bactéria ou a menor partícula de um átomo até o maior astro que existe e a maior estrela que existe, todo o Universo obedece à Palavra de Deus. Jesus falou com o mar e o mar O obedeceu (Mateus 14. 22-36 e João 6.16-24). Ele falou com uma árvore e a árvore O obedeceu (Marcos 11.12-26). Deus falou até com um verme (Jonas 4). O único que não obedece é o homem. Por isso que de todos que compõem a criação quem mais sofre é o ser humano. Ele é o único que não se curva à Palavra”, disse o Bispo durante o encontro realizado às 22h.

Ele também comentou que antigamente o ser humano só tinha a palavra como garantia e nada mais. Hoje há necessidade de assinaturas e de registros. “No mundo espiritual, o que ainda vale é a palavra”, destacou, acrescentando que esse é o segredo para ser bem-sucedido em todas as áreas da vida.

Pacto com Deus
Mas, para atingir esse objetivo, é preciso ter um pacto com Deus, um compromisso, uma entrega. “Ao começar o seu dia, leia nem que seja um versículo da Bíblia. Antes de falar com qualquer pessoa, o primeiro com quem você vai falar será com Deus. Você vai começar o seu dia com Ele”, orientou.

Ao todo, a Bíblia nos garante mais de 8 mil promessas. Cinquenta e duas delas serão citadas durante os encontros e fixadas em uma parte reservada da Edição Especial dos 318. “Se está escrito que você vai comer o melhor desta terra, você deve comer o melhor neste ano de 2019”, enfatizou o Bispo. “Se aqui está escrito que você será cabeça e não cauda, você vai ser cabeça e vai deixar de ser cauda.”

Mal pagava as contas
A empresária Cristiane Shizue Tomita, de 45 anos (foto a esq.), tem uma formação acadêmica excelente: ela se formou em economia, tem mestrado em administração de empresas nos Estados Unidos e chegou a trabalhar para uma multinacional do setor de tecnologia por mais de dez anos. Além disso, ela fala inglês e espanhol fluentemente. Mas, apesar de tudo e de ser familiarizada com tantos livros, nunca tinha lido a Bíblia. “Nunca tive uma. Eu sabia das histórias de Moisés, de Noé, de Sansão e Dalila pelo que passava nos filmes e na TV, mas não me lembro de ninguém me direcionando ou ensinando que as promessas de Deus estavam ali”, comentou.

Cristiane cresceu em meio ao conforto que sua família bem-sucedida pôde lhe oferecer. Financeiramente, ela chegou a ter uma empresa para amparar as necessidades comerciais dos negócios. Mas, depois de dois anos, a companhia faliu. “Quando cheguei à Igreja mal conseguia pagar as contas”, disse. Somado a esse fato, vivia problemas no casamento, tinha passado recentemente por um aborto involuntário, usava drogas como ecstasy, LSD, além de medicações tarja preta para conseguir dormir”.

Virada
A economista conheceu a Universal em março de 2017 depois de receber um convite. Ela chegou em uma segunda-
feira e, aos poucos, seu interesse pela Palavra de Deus foi sendo despertado. “As reuniões me mostraram que tudo o que eu precisava saber estava ali, tudo o que o nosso Pai espera de nós. Foi então que adquiri minha primeira Bíblia. Me lembro até hoje que foi aquela versão com a capa dourada”, mencionou.

A partir daí, ela vive em novidade de vida. “Tenho paz interior, me libertei dos vícios, tenho força para seguir em frente e certeza da vitória. A Palavra me mostra, ensina e direciona qual o caminho a ser seguido. O que aprendi e estudei por mais de 20 anos dentro e fora do Brasil não se compara à obediência e à direção da Palavra de Deus. Ele foi abrindo portas, dando ideias e colocando as pessoas certas para trabalharem comigo. Estou abrindo a terceira empresa”, comemorou a empresária, que administra um banco digital, uma empresa de soluções de software e outra de investimentos.

Apesar das conquistas, Cristiane deixou evidente que nada se compara à intimidade que ela tem com a Palavra de Deus. “Toda vez que pego a Bíblia para meditar, Deus fala comigo de uma maneira diferente e me direciona com sabedoria. Seguindo a Palavra, além de você receber as conquistas financeiras, você tem força e fé para atravessar os desafios que sempre vão existir, tem paz interior e tem felicidade. Eu conquistei e luto para manter a Salvação da minha alma que é mais importante do que qualquer bem”, concluiu.


  • Flavia Francellino / Fotos: Demetrio Koch e Arquivo Pessoal 


reportar erro