Rede aleluia
O ato de fumar pode ser responsável por 1 bilhão de mortes no século, aponta estudo
São Paulo
Centro-Oeste
Distrito Federal
Brasília
Goiás
AnápolisGoiânia
Mato Grosso
Cuiabá
Mato Grosso do Sul
Campo Grande
Nordeste
Alagoas
Maceió
Bahia
Feira de SantanaIlhéusItabunaSalvador
Ceará
Fortaleza
Maranhão
São Luís
Paraíba
João Pessoa
Pernambuco
GaranhunsRecife
Piauí
Teresina
Rio Grande do Norte
Natal
Sergipe
Aracaju
Norte
Acre
Rio Branco
Amapá
Macapá
Amazonas
Manaus
Pará
Belém
Rondônia
Porto Velho
Roraima
Boa Vista
Tocantins
Palmas
Sudeste
Espírito Santo
Vitória
Minas Gerais
Belo HorizonteJuiz de ForaUberlândia
Rio de Janeiro
Angra dos ReisBarra MansaCampos dos GoytacazesMacaéRio de JaneiroVolta RedondaCabo Frio
São Paulo
AraçatubaAraraquaraBauruCampinasCaraguatatubaCatanduvaFrancaJaúJundiaíLimeiraMaríliaPiracicabaPraia GrandePresidente PrudenteRibeirão PretoSantosSão CarlosSão José do Rio PretoSão José dos CamposSão PauloSorocabaTaubatéVotuporanga
Sul
Paraná
CascavelCuritibaFoz do IguaçuLondrinaMaringáPonta Grossa
Rio Grande do Sul
PelotasPorto AlegreRio GrandeSanta Maria
Santa Catarina
Baln. CamboriúBlumenauCriciúmaFlorianópolis

Notícias | 24 de Janeiro de 2023 - 23:38


O ato de fumar pode ser responsável por 1 bilhão de mortes no século, aponta estudo

Além disso, o tabagismo estimula 56 diferentes tipos de doenças. Entenda

O ato de fumar pode ser responsável por 1 bilhão de mortes no século, aponta estudo

Uma pesquisa publicada pelo The Lancet Public Health aponta que cerca de 1 milhão de mortes entre adultos chineses são resultados do tabagismo, que estimulam 56 doenças diferentes e 22 tipos de causa.

Entenda:
  • O estudo conduzido por pesquisadores da Oxford Population Health, no Reino Unido, da Universidade de Pequim e da Academia Chinesa de Ciências Médicas, indica que ao menos metade daqueles que passaram a utilizar o cigarro ainda jovens (antes dos 18 anos de idade) podem desenvolver doenças que os levarão à morte pelo tabaco, a não ser pela desistência permanente do uso.
  • Quando não leva à morte, o ato de fumar pode causar diferentes doenças que comprometem a saúde física bem como o bom desenvolvimento da vida de quem o faz, como asma, úlcera péptica, catarata, diabetes, entre outras doenças metabólicas.
  • O estudo realizado prevê 1 bilhão de mortes por tabagismo em todo mundo apenas neste século, principalmente em países de média e baixa renda.
Por que isso importa:

Não é segredo para ninguém os malefícios causados pelo tabagismo, tanto à saúde física como no desenvolvimento de aspectos da vida. Porém, ainda que os riscos causados por esta prática sejam evidentes e alertados, muitos se encontram presos aos vícios, sem encontrar uma saída, abrindo portas para o surgimento de outros problema frutos deste mal.

Conheça quem venceu os vícios:

Maria Abadia viveu escrava dos vícios durante 26 anos de sua vida. Ainda que os efeitos proporcionados pelo cigarro e as bebidas fossem prejudiciais à sua vida, Maria não encontrava uma solução que a libertasse de sua dependência, mas um convite mudou a sua vida.

Confira o que a fez mudar:

Busque ajuda:

Se você vive ou conhece alguém nesta situação, participe do tratamento gratuito para a cura dos vícios na Av. João Dias, 1.800, Santo Amaro – São Paulo, ou busque uma Universal mais próxima. (confira os endereços)

  • As reuniões do grupo Vício Tem Cura acontecem todos os domingos, às 15h. Participe!

O ato de fumar pode ser responsável por 1 bilhão de mortes no século, aponta estudo
  • Yasmin Lindo / Foto: iStock 


reportar erro