Rede aleluia

Notícias | 21 de junho de 2019 - 00:05


O antídoto

Leia a mensagem de hoje do livro “O Pão Nosso para 365 dias”

“Então Jesus lhes respondeu: Ide e anunciai a João o que vistes e ouvistes: os cegos veem, os coxos andam, os leprosos são purificados, os surdos ouvem, os mortos são ressuscitados e aos pobres, anuncia-se-lhes o evangelho.” (Lucas 7.22)

Cada problema tem sua solução. Cada veneno tem seu antídoto. Jesus listou aos discípulos de João Batista vários problemas e suas soluções; os sofredores e seus sonhos realizados.

Aos cegos, a visão;

Aos coxos, a capacidade de andar;

Aos leprosos, a purificação;

Aos surdos, a audição;

Aos mortos, a ressurreição, a vida;

Aos pobres, o evangelho.

O evangelho é o antídoto para a pobreza. Pobreza não apenas econômica; pobreza de entendimento, pobreza de alma. O pensamento pobre torna-se rico pelo evangelho; a mente pequena é ampliada pela prática da Palavra de Deus; o entendimento miserável é aberto e passa a dar frutos. Não há como anunciar a Palavra do Rei dos Reis e continuar na miséria.

A mudança é tão profunda que transforma o financeiramente pobre em rico. Não rico como os que ganham na loteria e torram tudo em poucos anos (estes continuam com o pensamento pobre); rico, como os que já nasceram ricos.

Pensamento rico. Capaz de conquistar o que determinar. Espírito rico. Dono da maior de todas as riquezas: a salvação da alma. A mente do próprio Deus dentro de si.

(*) Fonte: livro O Pão Nosso para 365 dias, do Bispo Edir Macedo


  • Redação (*) / Foto: Thinkstock 



reportar erro