Rede aleluia
Muitas telas ao mesmo tempo: como as crianças usam a tecnologia
São Paulo
Centro-Oeste
Distrito Federal
Brasília
Goiás
AnápolisGoiânia
Mato Grosso
Cuiabá
Mato Grosso do Sul
Campo Grande
Nordeste
Alagoas
Maceió
Bahia
Feira de SantanaIlhéusItabunaSalvador
Ceará
Fortaleza
Maranhão
São Luís
Paraíba
João Pessoa
Pernambuco
Recife
Piauí
Teresina
Rio Grande do Norte
Natal
Sergipe
Aracaju
Norte
Acre
Rio Branco
Amapá
Macapá
Amazonas
Manaus
Pará
Belém
Rondônia
Porto Velho
Roraima
Boa Vista
Tocantins
Palmas
Sudeste
Espírito Santo
Vitória
Minas Gerais
Belo HorizonteJuiz de ForaUberlândia
Rio de Janeiro
Angra dos ReisBarra MansaCampos dos GoytacazesMacaéRio de JaneiroVolta RedondaCabo Frio
São Paulo
AraçatubaAraraquaraBauruCampinasCatanduvaFrancaJaúJundiaíLimeiraMaríliaPiracicabaPraia GrandePresidente PrudenteRibeirão PretoSantosSão CarlosSão João da Boa VistaSão José do Rio PretoSão José dos CamposSão PauloSorocabaTaubatéVotuporanga
Sul
Paraná
CascavelCuritibaFoz do IguaçuLondrinaMaringáPonta Grossa
Rio Grande do Sul
PelotasPorto AlegreRio GrandeSanta Maria
Santa Catarina
BlumenauCriciúmaFlorianópolis

Notícias | 7 de Maio de 2021 - 17:47


Muitas telas ao mesmo tempo: como as crianças usam a tecnologia

Excesso de telas prejudica saúde e deve ser prevenido pelos pais

Muitas telas ao mesmo tempo: como as crianças usam a tecnologia

Estudo realizado pela Universidade de Leicester (Reino Unido) revelou que, cada vez mais, as crianças utilizam várias telas ao mesmo tempo. Celular, computador, tablet, videogames e outros dispositivos tomam a atenção e prejudicam a saúde.

Os pesquisadores descobriram que 65% das meninas utilizam duas ou mais telas ao mesmo tempo pelo menos uma vez ao dia. Nos fins de semana, esse número chega a 68%. E esse comportamento se repete mesmo enquanto as crianças estão na cama, se preparando para dormir.

O estudo foi realizado apenas com meninas, mas os pesquisadores alertam para o risco de que meninos possam ter comportamento semelhante, especialmente incentivados pelos videogames.

“Infelizmente, este estudo nos lembra que corremos o risco de criar uma nova geração de crianças sedentárias”, disse ao jornal local Daily Mail a autora do estudo, Melanie Davies, professora de medicina do diabetes na Universidade de Leicester.

De acordo com ela, “o aumento do tempo de sedentarismo está intimamente ligado ao diabetes tipo 2, que está aumentando nas faixas etárias mais jovens”.

Em média, os pais disseram que seus filhos passam 3h53 olhando para as telas por dia. Entretanto, 35% dos pais afirmaram que os filhos passam mais de cinco horas em frente às telas.

“Esta pesquisa foi feita antes do lockdown causado pela COVID-19, onde passamos muito mais do nosso dia na frente de uma tela”, afirma Davies.

Como combater esse mal

Não são apenas as crianças que estão utilizando cada vez mais as telas, especialmente mais de uma tela ao mesmo. Tornou-se hábito consultar as redes sociais enquanto assiste a um filme, ou conversar por aplicativos mesmo em frente à televisão.

O excesso de oportunidades para utilizar as telas, especialmente durante a pandemia, fez com que o consumo de internet no Brasil subisse 50% apenas em 2020. E, se os adultos estão agindo dessa maneira, como exigir que as crianças façam diferente?

“Pais devem buscar ser exemplos para seus filhos em tudo. Ensinando com exemplo, podem melhor preparar seus filhos para a vida”, explica o Bispo Renato Cardoso.

De acordo com ele, a família humana deve seguir o modelo da família divina:

“Na Família de Deus, o Pai é o exemplo para o Filho. Tudo o que o Pai faz, Ele também mostra e ensina ao Filho porque O ama. Não há segredos. Não há carta na manga. Não há razão para desconfiança. O Filho, por sua vez, almejando ser como o Pai, faz tudo o que vê o Pai fazer. Ele Se sente tão amado e seguro no amor do Pai que decide não fazer nada por Sua própria conta. Ele confia que a vontade do Pai sempre será melhor que Sua própria vontade”.

Assim sendo, se os pais querem zelar pela saúde de seus filhos, inclusive no que diz respeito ao consumo de telas, devem primeiro dar o bom exemplo.

Para entender mais sobre a importância do exemplo na educação dos filhos, clique aqui e leia o ensinamento completo do Bispo Renato Cardoso.

Se você está com dificuldade em orientar seu filho e ser exemplo para ele, participe da bênção para as famílias, que acontece todos os domingos, na Universal. Na reunião, temas sobre o relacionamento familiar, inclusive a relação entre pais e filhos, são abordados.

A reunião acontece às 9h30, no Templo de Salomão.


Muitas telas ao mesmo tempo: como as crianças usam a tecnologia
  • Andre Batista / Foto: Getty Images 


reportar erro