Rede aleluia
Frente Parlamentar Evangélica emite nota criticando omissão de autoridades em Angola
São Paulo
Centro-Oeste
Distrito Federal
Brasília
Goiás
AnápolisGoiânia
Mato Grosso
Cuiabá
Mato Grosso do Sul
Campo Grande
Nordeste
Alagoas
Maceió
Bahia
Feira de SantanaIlhéusItabunaSalvador
Ceará
Fortaleza
Maranhão
São Luís
Paraíba
João Pessoa
Pernambuco
Recife
Piauí
Teresina
Rio Grande do Norte
Natal
Sergipe
Aracaju
Norte
Acre
Rio Branco
Amapá
Macapá
Amazonas
Manaus
Pará
Belém
Rondônia
Porto Velho
Roraima
Boa Vista
Tocantins
Palmas
Sudeste
Espírito Santo
Vitória
Minas Gerais
Belo HorizonteJuiz de ForaUberlândia
Rio de Janeiro
Angra dos ReisBarra MansaCabo FrioCampos dos GoytacazesMacaéRio de JaneiroVolta Redonda
São Paulo
AraçatubaAraraquaraBauruCampinasCatanduvaFrancaJaúJundiaíLimeiraMaríliaPiracicabaPraia GrandePresidente PrudenteRibeirão PretoSantosSão CarlosSão João da Boa VistaSão José do Rio PretoSão José dos CamposSão PauloSorocabaTaubatéVotuporanga
Sul
Paraná
CascavelCuritibaFoz do IguaçuLondrinaMaringáPonta Grossa
Rio Grande do Sul
PelotasPorto AlegreRio GrandeSanta Maria
Santa Catarina
BlumenauCriciúmaFlorianópolis

Notícias | 6 de julho de 2020 - 15:02


Frente Parlamentar Evangélica emite nota criticando omissão de autoridades em Angola

Bispos e Pastores da Universal estão sendo agredidos no país. Veja a publicação

Frente Parlamentar Evangélica emite nota criticando omissão de autoridades em Angola

A Frente Parlamentar Evangélica no Congresso Nacional divulgou nesta segunda-feira (6) uma nota oficial contra a omissão de autoridades de Angola, que não estão reprimindo os ataques sofridos pela Igreja Universal do Reino de Deus no país africano.

Leia a íntegra da nota:

FRENTE PARLAMENTAR EVANGÉLICA NO CONGRESSO NACIONAL

NOTA OFICIAL

A Frente Parlamentar Evangélica no Congresso Nacional, vem a público pronunciar-se em relação aos acontecimentos que estão ocorrendo na República de Angola contra a Igreja Universal do Reino de Deus e seus membros.

Vários templos a ser invadidos a partir do último dia 22 de junho de 2020 por pessoas que são ex-pastores e que já não fazem parte do corpo de ministros daquela instituição.

Nas invasões os legítimos pastores foram agredidos fisicamente e expulsos de seus templos e residências com suas respectivas famílias por este grupo de agressores.

Foram reportado casos em que estão sofrendo ameaças de morte.

Sabedores que a Igreja Universal do Reino de Deus em Angola é uma entidade religiosa com sua diretoria composta por cidadãos angolanos, vale salientar que este grupo de ex pastores está colocando a integridade física tanto de membros, pastores locais, cidadãos angolanos, bem como cidadãos brasileiros em risco.

Foi nos reportado que autoridades locais têm se mostrado omissas e em alguns casos favoráveis aos agressores. Esperamos que providências cabais sejam tomadas pelas autoridades para que o direito à propriedade seja justamente estabelecido e garantido e que a violência não venha escalar-se.

Que a palavra de Nosso Senhor Jesus Cristo, prevaleça quando diz: “Eu vos deixo a paz, eu vos dou a minha paz…”

DEPUTADO FEDERAL SILAS CÂMARA, PRESIDENTE DA FRENTE PARLAMENTAR EVANGÉLICA NO CONGRESSO NACIONAL

Veja a publicação no Facebook da Frente Parlamentar


Frente Parlamentar Evangélica emite nota criticando omissão de autoridades em Angola
  • Redação / Foto: Marcello Casal Jr - Agência Brasil  


reportar erro