Rede aleluia
Entenda as mudanças nas Eleições Municipais de 2020
São Paulo
Centro-Oeste
Distrito Federal
Brasília
Goiás
AnápolisGoiânia
Mato Grosso
Cuiabá
Mato Grosso do Sul
Campo Grande
Nordeste
Alagoas
Maceió
Bahia
Feira de SantanaIlhéusItabunaSalvador
Ceará
Fortaleza
Maranhão
São Luís
Paraíba
João Pessoa
Pernambuco
Recife
Piauí
Teresina
Rio Grande do Norte
Natal
Sergipe
Aracaju
Norte
Acre
Rio Branco
Amapá
Macapá
Amazonas
Manaus
Pará
Belém
Rondônia
Porto Velho
Roraima
Boa Vista
Tocantins
Palmas
Sudeste
Espírito Santo
Vitória
Minas Gerais
Belo HorizonteJuiz de ForaUberlândia
Rio de Janeiro
Angra dos ReisBarra MansaCabo FrioCampos dos GoytacazesMacaéRio de JaneiroVolta Redonda
São Paulo
AraçatubaAraraquaraBauruCampinasCatanduvaFrancaJaúJundiaíLimeiraMaríliaPiracicabaPraia GrandePresidente PrudenteRibeirão PretoSantosSão CarlosSão João da Boa VistaSão José do Rio PretoSão José dos CamposSão PauloSorocabaTaubatéVotuporanga
Sul
Paraná
CascavelCuritibaFoz do IguaçuLondrinaMaringáPonta Grossa
Rio Grande do Sul
PelotasPorto AlegreRio GrandeSanta Maria
Santa Catarina
BlumenauCriciúmaFlorianópolis

Notícias | 27 de setembro de 2020 - 00:05


Entenda as mudanças nas Eleições Municipais de 2020

O TSE ampliou o horário de votação em uma hora. Além disso, alterou as datas do primeiro e do segundo turno

Entenda as mudanças nas Eleições Municipais de 2020

A organização das eleições municipais deste ano também teve adaptações por causa do cenário de pandemia no Brasil. O horário de votação, por exemplo, foi ampliado em uma hora para evitar aglomerações. Neste ano, as seções eleitorais estarão aptas a receber os eleitores das 7 às 17 horas, considerando o horário local. “Não foi possível estender para mais tarde do que isso porque, em muitas partes do Brasil, depois dessa hora, há dificuldade de transporte e há problemas de violência”, afirmou o ministro Luís Roberto Barroso, presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

Seguindo a orientação de uma consultoria sanitária formada pela Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) e hospitais de referência no País, o ministro também afirmou que haverá horário de votação preferencial das 7 às 10 horas para eleitores com mais de 60 anos, que são considerados grupo de risco para a Covid-19.

Para evitar o contágio da doença também foi suspensa a identificação biométrica, feita por meio da impressão digital do eleitor. Os eleitores que já possuem o cadastramento biométrico podem se identificar por meio do aplicativo e-Título e os demais precisam apresentar um documento oficial com foto, como o RG ou a carteira de habilitação (CNH).

Segundo o Plano de Segurança Sanitária elaborado para as eleições, os mesários receberão máscara, protetor facial e álcool em gel para higienização individual. Todas as seções terão álcool à disposição do eleitor e ele deverá usar máscara obrigatoriamente.

Para agilizar o processo de votação e evitar aglomeração no dia do pleito, é recomendado que os eleitores já levem anotados os números dos candidatos em que vão votar. A orientação é que se mantenha um metro de distância de outras pessoas e que cada um leve sua própria caneta para assinar o caderno de votação. Caso o eleitor não a leve, o mesário será responsável por higienizar a caneta de uso comum com álcool depois que cada eleitor utilizá-la.

Data alterada
Outra alteração anunciada pelo TSE e divulgada pela Folha Universal recentemente foi a mudança na data da votação. O primeiro e o segundo turno das eleições, que estavam previstos para os dias 4 e 25 de outubro, respectivamente, agora acontecerão nos dias 15 e 29 de novembro. O adiamento foi uma das iniciativas propostas pelo TSE para evitar a propagação do novo coronavírus.

Período Eleitoral
Outra mudança foi a alteração na data do início da propaganda eleitoral, que está permitida a partir de hoje, 27 de setembro, no rádio, na TV e na internet.

Voto Consciente
Nas eleições de 2020 serão eleitos prefeitos e vereadores para 5.570 municípios brasileiros. E a pergunta que fica é: de quem é o poder de decisão? De cada eleitor.

O que for decidido nas urnas vai interferir na vida dos cidadãos de cada município pelos próximos quatro anos. Por isso, não deixe de expressar a sua opinião por meio do voto. Não desperdice essa oportunidade: defina seus candidatos com consciência, pesquise e escolha os políticos que têm valores e ideais semelhantes aos seus.

Lembre-se de verificar a respeito do partido e das coligações, pois esses detalhes também terão influência na política do País.


Entenda as mudanças nas Eleições Municipais de 2020
  • Cinthia Cardoso / Foto: Getty images 


reportar erro