Rede aleluia

Notícias | 19 de maio de 2019 - 00:05


Dia D no Japão: a depressão curada por meio da fé

Esse foi o tema do evento intitulado Fim da Depressão, que reuniu mais de 1.500 pessoas em Hamamatsu, no Japão

A depressão atinge cerca de 300 milhões de pessoas no mundo, segundo a Organização Mundial de Saúde (OMS). Ela é a causa de sintomas físicos, pensamentos obsessivos e comportamentos compulsivos. Contudo é também uma doença na alma.

Pensando nisso, a Universal do Japão realizou no dia 2 de maio o evento Fim da Depressão – Dia D. A ação aconteceu no Concert Hall do Act City, em Hamamatsu, e reuniu mais de 1.500 pessoas.

Cura
Durante o evento, o Pastor Fábio Ribeiro, responsável pela Universal no Japão, realizou uma oração com todos. Após receber o tratamento para a cura da depressão, várias pessoas sentiram paz, como foi o caso de Cristiano (foto acima).

“Há muitos anos, luto tentando tratar essa doença. Tudo tem dado errado na minha vida. Trabalhei por três meses e não recebi. Isso me entristeceu muito. Hoje aconteceram muitas coisas para que eu não chegasse aqui, mas vim desejando muito a minha cura. Após a oração fiquei bem e estou forte para prosseguir.”

O Pastor Fábio, então, explicou que “a depressão é a doença na alma. E, quando a alma está doente, o corpo também adoece. Quando a pessoa sofre com a depressão, ela vê sua vida se aproximando dia a dia da sepultura, pois perde o interesse por ela. Os remédios amenizam os sintomas físicos, mas somente a fé na Palavra de Deus é capaz de tratar e curar a dor na alma.”

Transformação
De acordo com a Agência Nacional de Polícia do Japão (NPA, em inglês), mais de 20 mil pessoas tiraram a própria vida em 2018 naquele país. Esse número alarmante pode sinalizar para um aumento da depressão, já que a doença é um dos principais motivos para o suicídio.

“Por meio da cura da depressão é possível levar a Palavra de Deus a um povo que não O conhece. Uma vez curadas, as pessoas enxergam o poder milagroso da fé em Jesus e é despertado nelas o desejo de se aproximar dEle. E, assim, passam a usufruir o maior benefício disso: receber a Salvação”, disse o Pastor Fábio.

*Colaborou: Rafaela Dias


  • Michele Roza* / Fotos: Cedidas  



reportar erro