Rede aleluia
Conheça o mito que tem arruinado a vida amorosa de muitos
São Paulo
Centro-Oeste
Distrito Federal
Brasília
Goiás
AnápolisGoiânia
Mato Grosso
Cuiabá
Mato Grosso do Sul
Campo Grande
Nordeste
Alagoas
Maceió
Bahia
Feira de SantanaIlhéusItabunaSalvador
Ceará
Fortaleza
Maranhão
São Luís
Paraíba
João Pessoa
Pernambuco
Recife
Piauí
Teresina
Rio Grande do Norte
Natal
Sergipe
Aracaju
Norte
Acre
Rio Branco
Amapá
Macapá
Amazonas
Manaus
Pará
Belém
Rondônia
Porto Velho
Roraima
Boa Vista
Tocantins
Palmas
Sudeste
Espírito Santo
Vitória
Minas Gerais
Belo HorizonteJuiz de ForaUberlândia
Rio de Janeiro
Angra dos ReisBarra MansaCampos dos GoytacazesMacaéRio de JaneiroVolta RedondaCabo Frio
São Paulo
AraçatubaAraraquaraBauruCampinasCaraguatatubaCatanduvaFrancaJaúJundiaíLimeiraMaríliaPiracicabaPraia GrandePresidente PrudenteRibeirão PretoSantosSão CarlosSão José do Rio PretoSão José dos CamposSão PauloSorocabaTaubatéVotuporanga
Sul
Paraná
CascavelCuritibaFoz do IguaçuLondrinaMaringáPonta Grossa
Rio Grande do Sul
PelotasPorto AlegreRio GrandeSanta Maria
Santa Catarina
BlumenauCriciúmaFlorianópolis

Notícias | 1 de Outubro de 2021 - 16:32


Conheça o mito que tem arruinado a vida amorosa de muitos

Leia e descubra qual é. Você também pode conferir como foi a palestra da Terapia do Amor, desta quinta-feira (30)

Conheça o mito que tem arruinado a vida amorosa de muitos

Na palestra da Terapia do Amor desta quinta-feira (30), que aconteceu logo após a “Hora dos Solteiros”, os professores Renato e Cristiane Cardoso falaram a respeito de um grande mito que tem arruinado a vida amorosa de milhões de pessoas no mundo inteiro.

“Se o outro não quer não adianta fazer nada”

Há quem acredite piamente que essa afirmação é verdadeira, porém, a Palavra de Deus diz exatamente o contrário.

“Porque toda a casa é edificada por alguém, mas o que edificou todas as coisas é Deus. ” Hebreus 3:4

“Veja que na Palavra de Deus está escrito que toda casa é edificada por alguém, não fala em duas pessoas, não fala em toda família, em uma equipe, fala em alguém”, observa Renato. Ele lembra também o que diz em provérbios 14:1: “A mulher sábia edifica a sua casa…”, o que também é válido para o homem.

Abordagem errada

Ou seja, Deus mostra claramente o poder de um. Portanto, essa afirmação é um pensamento falho, porque quando a pessoa diz isso ela está presumindo que o outro não quer mudar. “Mas quem em sã consciência deseja continuar vivendo um casamento infeliz? ”, pondera Renato.

Então, é óbvio que a pessoa quer resolver o problema, o que ela não quer é continuar lidando com a teimosia, os maus tratos e paranoias do cônjuge.

Cristiane destaca que muitas vezes, diante da insistência do outro, o cônjuge diz que não quer só para não satisfazer o parceiro, para não dá o braço a torcer.

“A forma como você aborda o problema faz a outra pessoa não querer fazer o que você quer. O que você está pedindo é correto, é justo, mas a forma como você pede está errada. Às vezes, o que você tem feito atrapalha a outra pessoa de fazer alguma coisa a respeito. Não é que ela não queira mudar, ela ainda está com você, ela não tem é motivação”, alerta Cristiane.

O mal não é mais poderoso que o Bem

Por isso, “em vez de pensar que o outro não quer, pare de fazer aquilo que torna o casamento insuportável, que o outro vai querer”, aconselha Renato.

Além disso, ele destaca que quando a pessoa diz que não adianta fazer nada quando o outro não quer, ela está dizendo que o mal que ela faz é mais poderoso do que qualquer bem que possa fazer para inspirar o outro a querer mudar.

“Você dizer que seus esforços individuais pela relação são inúteis é você deixar de crer em Deus. Você tem que continuar crendo no poder do bem de mudar a outra pessoa, ainda que ela esteja convencida do contrário. Se o mal pode por meio de um destruir, porque Deus por meio de um não pode construir? É isso que esse versículo (Hebreus 3.4) está dizendo”, pontua.

Mensagem aos solteiros

Dirigindo-se aos solteiros, Renato explicou que o erro da maioria deles é acreditar que a vida amorosa depende de sorte e que tem de esperar aparecer a pessoa certa.

“Esse mito faz muita gente ficar travada esperando que alguém legal venha aparecer e ignora que você como solteiro tem que fazer coisas certas, tem que ser proativo nas coisas que faz para então chegar até a pessoa adequada, e não até a pessoa certa. Porque isso não existe”, ensina.

Renato explicou que quando Deus criou a mulher para o homem, não criou a mulher certa, Ele criou a mulher adequada. “O que é uma coisa adequada? É uma coisa que serve, que atende, mas não é perfeita. A pessoa fica à procura da pessoa certa com uma lista dos desejos, que vai desde a cor dos olhos até a forma de ela se comportar no relacionamento. Aí fica naquela eterna procura da pessoa certa que nunca vem, porque não existe. Esqueça, pare de sonhar, pare de ficar fantasiando”, aconselha.

Casamento nos desafia a ser melhores

Cristiane destaca ainda a importância das diferenças, das dificuldades e dos problemas no casamento. Porque são eles que unem o casal e nos tornam pessoas melhores.

Ademais, Renato ressalta que no casamento você terá alguém que irá lhe desafiar a ser melhor. Porém, se você não aceitar e ficar resistindo, certamente terá problemas.

Então, você que é solteiro precisa entender que a pessoa certa não vai aparecer, o máximo que você pode esperar é uma pessoa adequada, que vai atender aquilo que você precisa.  Por isso, é melhor encontrar a pessoa adequada e também se tornar a pessoa adequada para juntos praticarem o amor inteligente dentro do casamento. “Porque o casamento é muito bom quando os dois praticam isso, mas quem não quer ter trabalho realmente não deve se casar, porque casamento vai dar trabalho. Mas ser solteiro também tem trabalho. Então trabalho por trabalho escolha aquele que traga para você o que a vida de solteiro não vai trazer”, aconselha o professor.

Para aprender mais sobre o amor inteligente, participe da Terapia do Amor que acontece todas as quintas-feiras, no Templo de Salomão e em outras localidades. Consulte aqui o endereço mais perto de você.


Conheça o mito que tem arruinado a vida amorosa de muitos
  • Jeane Vidal / Foto: Istock 


reportar erro