Rede aleluia
São Paulo
Centro-Oeste
Distrito Federal
Brasília
Goiás
AnápolisGoiânia
Mato Grosso
Cuiabá
Mato Grosso do Sul
Campo Grande
Nordeste
Alagoas
Maceió
Bahia
Feira de SantanaIlhéusItabunaSalvador
Ceará
Fortaleza
Maranhão
São Luís
Paraíba
João Pessoa
Pernambuco
Recife
Piauí
Teresina
Rio Grande do Norte
Natal
Sergipe
Aracaju
Norte
Acre
Rio Branco
Amapá
Macapá
Amazonas
Manaus
Pará
Belém
Rondônia
Porto Velho
Roraima
Boa Vista
Tocantins
Palmas
Sudeste
Espírito Santo
Vitória
Minas Gerais
Belo HorizonteJuiz de ForaUberlândia
Rio de Janeiro
Angra dos ReisBarra MansaCabo FrioCampos dos GoytacazesMacaéRio de JaneiroVolta Redonda
São Paulo
AraçatubaAraraquaraBauruCampinasCatanduvaFrancaJaúJundiaíLimeiraMaríliaPiracicabaPresidente PrudenteRibeirão PretoSantosSão CarlosSão João da Boa VistaSão José do Rio PretoSão José dos CamposSão PauloSorocabaTaubatéVotuporanga
Sul
Paraná
CascavelCuritibaFoz do IguaçuLondrinaMaringáPonta Grossa
Rio Grande do Sul
PelotasPorto AlegreRio GrandeSanta Maria
Santa Catarina
BlumenauCriciúmaFlorianópolis

Notícias | 16 de setembro de 2018 - 00:05


Como realizar o sonho de abrir um negócio

Você sabia que até o resultado das eleições pode afetar os rumos dos novos empreendimentos? Veja como se preparar para ser um empreendedor

Ter o próprio negócio continua a ser o sonho de muitos brasileiros. De cada 100 pessoas entre 18 e 64 anos, 36 conduzem alguma atividade empreendedora, o que representa quase 50 milhões de pessoas. Entre os novos empreendedores, 59,4% abrem negócios porque encontraram uma oportunidade, enquanto 39,9% empreendem por falta de opção. Os dados são da pesquisa GEM 2017, do Sebrae/IBQP.
Você também quer empreender? Então saiba que não basta só ter vontade. A trajetória de um empreendedor exige muita dedicação e planejamento. “O empreendedor deve unir a necessidade financeira com as próprias habilidades, interesses e atitudes. Quando uma pessoa se lança no mercado só porque precisa de renda, ela muitas vezes não tem foco, investe em coisas que não domina e acaba perdendo dinheiro”, alerta o economista e consultor de empresas
Sergio Dias.
Os detalhes
O especialista destaca que novos empreendedores precisam entender bem cada detalhe do negócio e mapear os pontos fracos e fortes da atividade. Ele explica que as forças e fraquezas são pontos que o próprio indivíduo pode gerenciar e corrigir. “Ter uma boa rede de contatos é uma força. Localização ruim é uma fraqueza, mas o empreendedor pode ajustar isso escolhendo um local adequado para o negócio”, exemplifica.
Influência externa
Você sabia que todo negócio pode receber influências do ambiente externo? Isso significa que mudanças na lei, greves, crise econômica e novas tendências podem ter impactos diretos em diversos setores. Para alguns empreendedores, a mudança externa pode ser positiva, enquanto para outros ela pode significar até o fim do negócio.
Por isso, quem deseja abrir um empreendimento deve analisar todas as possíveis oportunidades e ameaças externas. Depois, é preciso planejar ações para cenários positivos e negativos. Mas como fazer isso? “Se a mídia, por exemplo, lança um novo penteado ou uma moda, isso pode ser uma oportunidade. Assim, o empreendedor deve avaliar quais são as forças dele para aproveitar aquela oportunidade. Por outro lado, a alta do dólar pode prejudicar um negócio que depende de importação. Assim, o empreendedor deve tentar corrigir seus pontos fracos para minimizar essas ameaças”, esclarece Dias, que é autor do livro Inovar em tempos de crise e fora dela.
Segundo o economista, até em momentos econômicos difíceis é possível empreender. “Em períodos de crise, sempre existe uma janela de oportunidade e alguns empreendedores conseguem enxergar formas de atingir novas demandas que surgem”, diz.
Eleições e negócios
Neste ano, os eleitores brasileiros vão escolher novos representantes para ocupar diversos cargos nos Poderes Legislativo e Executivo. Serão eleitos deputados federais, estaduais (ou distritais), senadores, governadores e presidente da República. E o que isso tem a ver com empreendedorismo? Tudo! Dias alerta que mudanças na política podem interferir diretamente no rumo dos negócios. “Os empreendedores devem avaliar cada uma das plataformas políticas e verificar como as propostas podem afetar os negócios, o que pode melhorar e o que pode piorar”, esclarece.
Dias diz que as decisões do Legislativo são as que mais podem afetar empresas e não as do Executivo. “É importante avaliar bem os deputados e senadores, pois eles têm o poder de criar e aprovar leis que podem mudar a economia e os negócios. O Executivo governa com base nas leis do Legislativo. Assim, é uma ameaça eleger pessoas incapazes de legislar de forma que o País se desenvolva”, finaliza.
Faça uma avaliação
Forças e fraquezas
• Você tem habilidades específicas para o negócio?
• Você tem uma boa rede de contatos?
• Qual é a localização?
• Você tem experiência na área?
• Como pode corrigir as fraquezas identificadas?
Oportunidades e ameaças
• De que maneira as leis podem afetar seu negócio?
• Como o cenário político pode influenciar suas vendas?
• A economia favorece ou desfavorece seu negócio?
• Como você pode aproveitar as novas tendências em seu negócio?
– Como se preparar para enfrentar as ameaças e oportunidades externas?
Empreendedorismo e fé

Além de planejamento, a fé é outro componente importante para os empreendedores. O Bispo Marcelo Moraes, que ministra palestras do Congresso para o Sucesso no Templo de Salomão, em São Paulo (SP), acredita que muitos cristãos querem se tornar empreendedores para conseguir mais independência. “A própria Palavra de Deus orienta que temos que ser cabeça, e não cauda, e que Deus nos colocaria por cima e não por baixo”, esclarece, citando o livro Deuteronômio da Bíblia, capítulo 28, versículo 13.
Segundo ele, a fé pode ajudar os empreendedores a não desistirem dos próprios sonhos. “Na Palavra de Deus está escrito mais de 366 vezes ‘não temas’. Por isso, para nós, essa Palavra nos motiva a superar todos os problemas e adversidades, pois não tememos nada”, acrescenta.
Em reunião recente no Templo de Salomão, o Bispo Edir Macedo indicou que a fé pode impulsionar o sucesso. “Se você tiver sua vida no Altar, Deus te dá a direção. É isso que quer dizer ricos na fé. Quando você é rico na fé, Deus te dá a visão que nenhum outro tem, você tem a direção que nenhuma pessoa
tem”, afirmou.

Congresso para o Sucesso 

Uma reunião que inspira novas ideias e traz motivação para superar desafios financeiros. Todas as segundas-feiras no Templo de Salomão em uma Universal mais próxima de você. Confira horários e endereços aqui


  • Rê Campbell / Foto: Fotolia e Marcelo Alves 


reportar erro