Rede aleluia
São Paulo
Centro-Oeste
Distrito Federal
Brasília
Goiás
AnápolisGoiânia
Mato Grosso
Cuiabá
Mato Grosso do Sul
Campo Grande
Nordeste
Alagoas
Maceió
Bahia
Feira de SantanaIlhéusItabunaSalvador
Ceará
Fortaleza
Maranhão
São Luís
Paraíba
João Pessoa
Pernambuco
Recife
Piauí
Teresina
Rio Grande do Norte
Natal
Sergipe
Aracaju
Norte
Acre
Rio Branco
Amapá
Macapá
Amazonas
Manaus
Pará
Belém
Rondônia
Porto Velho
Roraima
Boa Vista
Tocantins
Palmas
Sudeste
Espírito Santo
Vitória
Minas Gerais
Belo HorizonteJuiz de ForaUberlândia
Rio de Janeiro
Angra dos ReisBarra MansaCabo FrioCampos dos GoytacazesMacaéRio de JaneiroVolta Redonda
São Paulo
AraçatubaAraraquaraBauruCampinasCatanduvaFrancaJaúJundiaíLimeiraMaríliaPiracicabaPraia GrandePresidente PrudenteRibeirão PretoSantosSão CarlosSão João da Boa VistaSão José do Rio PretoSão José dos CamposSão PauloSorocabaTaubatéVotuporanga
Sul
Paraná
CascavelCuritibaFoz do IguaçuLondrinaMaringáPonta Grossa
Rio Grande do Sul
PelotasPorto AlegreRio GrandeSanta Maria
Santa Catarina
BlumenauCriciúmaFlorianópolis

Notícias | 29 de março de 2020 - 15:04


As três razões por que Deus nos leva ao deserto

Bispo Renato Cardoso explicou como tirar proveito desses momentos de isolamento para alimentar a fé

Na manhã deste domingo, dia 29 de março, o Bispo Renato Cardoso realizou o Santo Culto on line, diretamente do Templo de Salomão, zona leste da capital paulista, para avivamento e fortalecimento espiritual de todos os participantes.

Logo ao início, ele pediu que as pessoas, de suas casas, fechassem seus olhos para que pudessem pedir o livramento de suas angústias. Na ocasião, o Bispo pediu a Deus que se fizesse presente na vida das pessoas e determinou a cura dos enfermos, consagrando a água. “Transforme essa água em energia. Que essa água venha capacitar nosso corpo a vencer todas as pestes que se propagam neste mundo”, disse ele.

Bênção aos casais

Durante a reunião, Bispo Renato, ao lado de sua esposa, Cristiane, abençoou também a vida dos casais. E explicou como afastar um clima ruim e resgatar o clima bom dentro de casa.

Na oportunidade, Cristiane orientou que, diante das dificuldades, a pessoa tem sempre que se lembrar do seu bem maior, que é a família e que esta se encontra acima do que você se sente e que, por isso, precisamos reconsiderar as coisas. “Quando você olha para o que você pode perder, então, você consegue relevar. O problema é que as pessoas se apegam muito aos detalhes e esses estão causando separações”, disse ela.

Em seguida, o Bispo destacou que enquanto houver um clima ruim dentro de casa vai haver mais hostilidade, então, para resolver o problema, é preciso ‘limpar o ar’. “Esse é o primeiro passo para qualquer reconciliação. Você tem que parar de agir e reagir diante das suas emoções”, alertou ele, e completou: “Faça o difícil que funciona: perdoe”.

3 razões por que Deus nos leva ao deserto

Ainda no Santo Culto deste domingo, Bispo Renato explicou as três razões pela qual Deus nos leva ao deserto, relacionando ao momento que o mundo está passando, por conta do Coronavírus.

– O deserto é silencioso: “Quando há muitas vozes é difícil ouvir uma voz apenas. Mas quando se está em um lugar silencioso, ali, você fica mais sensível a um falar. E é ali, no deserto, que Deus fala com a gente. Então, Deus está falando com a humanidade. Assim, esses dias, são dias de você pegar sua Bíblia e começar a ler e meditar na Palavra de Deus”, ressaltou o Bispo.

– O deserto é solitário: “Deus está nos mostrando a importância da família”, disse o Bispo.

– O deserto quebra o orgulho: no deserto você se mistura com o pó, você esquece a vaidade e só valoriza a água, comida e segurança. “Deus nos traz através do deserto uma lembrança de onde viemos e retornaremos”, explicou o Bispo.

Confira a reunião na íntegra:

Acompanhe as reuniões ao vivo todos os dias

Durante esse período de isolamento (ou quarentena) ao coronavírus (Covid-19), acompanhe fielmente as reuniões que estão sendo transmitidas em tempo real pela TV UniversalUniver VídeoRede Aleluia de rádio e pelos canais de televisão 21, CNT e Rede Família.

Confira os horários na tabela abaixo:

Domingo 7h, 9h30 e 18h
Segunda-feira 10h, 15h, 18h30 e 22h
Terça-feira 10h, 15h e 20h
Quarta-feira 10h, 15h e 20h
Quinta-feira 10h, 15h e 20h
Sexta-feira 10h, 15h e 20h
Sábado 7h, 10h, 18h (Reunião de Obreiros) e 19h (Curso do Espírito Santo)

 


  • Débora Picelli / Foto: Reprodução 


reportar erro