Rede aleluia
Ator Juliano Cazarré é chamado de “machista” em live, após falar sobre a diferença entre pai e mãe
São Paulo
Centro-Oeste
Distrito Federal
Brasília
Goiás
AnápolisGoiânia
Mato Grosso
Cuiabá
Mato Grosso do Sul
Campo Grande
Nordeste
Alagoas
Maceió
Bahia
Feira de SantanaIlhéusItabunaSalvador
Ceará
Fortaleza
Maranhão
São Luís
Paraíba
João Pessoa
Pernambuco
GaranhunsRecife
Piauí
Teresina
Rio Grande do Norte
Natal
Sergipe
Aracaju
Norte
Acre
Rio Branco
Amapá
Macapá
Amazonas
Manaus
Pará
Belém
Rondônia
Porto Velho
Roraima
Boa Vista
Tocantins
Palmas
Sudeste
Espírito Santo
Vitória
Minas Gerais
Belo HorizonteJuiz de ForaUberlândia
Rio de Janeiro
Angra dos ReisBarra MansaCampos dos GoytacazesMacaéRio de JaneiroVolta RedondaCabo Frio
São Paulo
AraçatubaAraraquaraBauruCampinasCaraguatatubaCatanduvaFrancaJaúJundiaíLimeiraMaríliaPiracicabaPraia GrandePresidente PrudenteRibeirão PretoSantosSão CarlosSão José do Rio PretoSão José dos CamposSão PauloSorocabaTaubatéVotuporanga
Sul
Paraná
CascavelCuritibaFoz do IguaçuLondrinaMaringáPonta Grossa
Rio Grande do Sul
PelotasPorto AlegreRio GrandeSanta Maria
Santa Catarina
BlumenauCriciúmaFlorianópolis

Notícias | 27 de Julho de 2022 - 16:51


Ator Juliano Cazarré é chamado de “machista” em live, após falar sobre a diferença entre pai e mãe

Caso sugere uma reflexão sobre o papel masculino na sociedade atual

Ator Juliano Cazarré é chamado de “machista” em live, após falar sobre a diferença entre pai e mãe

Durante uma live em sua página pessoal no Instagram, o ator Juliano Cazarré foi chamado de “machista” por uma pessoa que acompanhava a transmissão, após ele comentar que colo de mãe é “carinho, aconchego” e colo de pai é “proteção, segurança”. Então, ele acrescentou que não falou mal das mulheres e que estava analisando sobre a diferença entre masculino e feminino.

Acompanhe a notícia:

  • “Eu falei mal das mulheres por acaso em algum momento? É sempre essa frescura, irmão. Por isso que está cheio de homem cheio de geleia assim. Falar bem dos pais não é falar mal das mães”, disse o ator, ao se irritar durante a live.
  • Por fim, ele acrescentou para o público que trata bem a esposa, Leticia Bastos, que sempre a acompanha e que cumpre responsabilidades em casa.

O que observar:

  • “Existe uma pauta, uma agenda para demonizar os homens. Assim como demonizam a polícia, demonizam a bandeira, estão demonizando os homens. E isso é prejudicial às mulheres. Nós não somo iguais aos homens. Eu não quero ser igual aos homens. Nós nos complementamos. Nós temos nossas diferenças que são importantíssimas para os pilares sólidos de uma sociedade saudável”, avaliou a comentarista Ana Paula Henkel, sobre o ocorrido, durante o “Programa 4 por 4“, do dia 24 de julho.

Conclusão:

É possível notar, nos tempos atuais, uma progressão constante na narrativa que desmerece o verdadeiro papel do homem na sociedade. O que está acontecendo é uma tentativa de desconstrução desse conceito. Vale acrescentar que esta agenda se contrapõe à perspectiva do bom senso e à luz do evangelho.


Ator Juliano Cazarré é chamado de “machista” em live, após falar sobre a diferença entre pai e mãe
  • Da Redação / Foto: Reprodução Instagram 


reportar erro