Por que os pais não devem gritar com os filhos

Por Débora Picelli / Foto: Thinkstock

Há muitos pais que já afirmaram ter gritado com os filhos. A falta de paciência, cansaço após um dia de trabalho, entre outros motivos, têm sido algumas das justificativas que a grande maioria usa para a atitude. Definitivamente, o fato é que essa não é uma boa maneira de corrigir os filhos, seja em qual idade for.

“Nem sempre os gritos fazem bem aos filhos. Não cria um clima bom dentro de casa. Não é que vai matar, mas também não vai ajudar a situação, porque quando o pai ou uma mãe grita, ele pensa que está tomando o controle da situação nas mãos, mas, na verdade, o que ele está mostrando para o filho é que ele perdeu o controle”, explica o palestrante e apresentador Renato Cardoso, durante o programa Transformação Total de Pais e Filhos.

Gritar é um péssimo exemplo. Segundo Renato, dessa maneira, os pais estão ensinando aos seus filhos a fazer a mesma coisa. Além disso, incentiva a mentira, pois, diante de alguma situação é possível que os filhos queiram esconder o fato com receio da reação descontrolada dos pais.

“Se gritar fosse uma coisa aceitável, então, no trabalho seria aceito que o patrão gritasse com o funcionário, o funcionário com o colega ou em outras situações sociais. Mas, em nenhum lugar, a gente aceita que alguém grite. Por que aceitaríamos dentro de casa?”, questionou o apresentador.

Seja um bom exemplo

O palestrante explica que uma das regras da boa comunicação é, em vez de gritar, que a pessoa melhore seus argumentos e, principalmente, saiba se controlar para poder controlar a situação dentro de casa. “Disciplina dos filhos não é algo fácil, não existe fórmula, mas existe o que se aplica e traz resultados na vida familiar”, salientou Renato.

Assista ao vídeo abaixo, do programa “Transformação Total de Pais e Filhos”, e confira na íntegra a explicação de Renato. Conheça também a história de Cida, que, por diversas vezes, presenciou o seu pai gritando com a sua mãe e, por isso, ficou traumatizada. Como reflexo, ela cometeu o mesmo erro, gritando com os irmãos – quando pequena – e passado anos, começou a gritar com seu esposo e sua filha Sara:



Você também precisa de ajuda para transformar a sua vida familiar? Na palestra “Transformação Total de Pais e Filhos”, com Renato e Cristine Cardoso, que acontece às 18h, no Templo de Salomão, na Avenida Celso Garcia, 605, Brás, zona leste da capital paulista, você pode aprender esse e outros segredos de como lidar com os problemas familiares. Participe, ou acompanhe pelo Univer Vídeo.

ler mais
Reportar erro

comentários

Carregar mais

Comunicar Erro

Comunique à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente