O novo rei da Babilônia

Por Maiara Máximo / Fotos: Munir Chatack

Quem acompanha O Rico e Lázaro, da RecordTV, sabe que a novela entrou em uma nova fase. Já se passaram sete anos e muita coisa aconteceu na trama. E um dos pontos que mais chamaram atenção do público foi a transformação do rei Nabucodonosor, papel vivido pelo ator Heitor Martinez (foto ao lado).

O rei ficou sete anos afastado convivendo com os animais, como revelado na profecia por Daniel. Quando voltou ao convívio dos homens, reconheceu que o Deus dos hebreus é o único, como é mencionado na Bíblia, no livro de Daniel, capítulo 4, no versículo 37: “Agora, pois, eu, Nabucodonosor, louvo, exalto e glorifico ao Rei do céu, porque todas as suas obras são verdadeiras, e os seus caminhos, justos, e pode humilhar aos que andam na soberba”.

Mas, com essa mudança, o rei desperta a fúria da filha Nitócris (Sthefany Brito) e do neto Belsazar (Marcelo Arnal), que com a morte do avô assumirá o trono da Babilônia. Em entrevista exclusiva à Folha Universal, o ator fala de seu primeiro personagem bíblico na RecordTV.

“Belsazar é um garoto mimado que cresce sob a proteção da mãe e acaba fazendo o que quer. Mesmo adulto, continua soberbo, por ser neto do rei e futuro rei da Babilônia. Ele esnoba os funcionários do palácio e enfrenta quem quer que seja para fazer suas vontades.”

O personagem

Marcelo revela que não foi uma tarefa fácil compor Belsazar. “Tive um estudo com a preparadora de elenco, fiz buscas e pesquisas particulares, além de observar muito o comportamento, os trejeitos e a colocação do personagem no enredo.”

Perguntado quanto às semelhanças e diferenças entre ele e seu personagem, Marcelo explica: “não enxergo muitas semelhanças, vejo muito mais diferenças. A questão da inconsequência é um ponto muito presente no personagem e que não tem nada a ver comigo, por exemplo. A soberba também não se enquadra a mim. A única semelhança é de quando pequeno também ter sido mimado pela mãe (risos)”.

A fé

O ator comenta a fé de Belsazar, que é babilônico e adora outros deuses. “Por falta de maturidade, ele acaba sendo influenciado pelos familiares. Sua fé permanece nos deuses adorados por eles. Acredito que ele veja a fé de uma maneira meio supérflua, a mantém pela família e não por si mesmo.” O ator conta que, no aspecto pessoal, a fé é uma das principais coisas que o movem. “É algo fundamental para o meu crescimento, tanto pessoal como profissional.”

Teledramaturgia

Para Marcelo, a RecordTV está em constante desenvolvimento na área da teledramaturgia. “As produções da emissora têm sido manchete nos principais noticiários dos países e fico imensamente honrado de fazer parte dessa evolução.”

Uma das cenas de maior impacto para ele ainda não foi ao ar. Ele acha que ela também surpreenderá muitos telespectadores. A cena é inspirada no livro de Daniel e cita o banquete de Belsazar. Segundo ele, a gravação exigiu bastante dedicação de sua parte. “Embora seja contada na Bíblia, não posso falar muito do que vai acontecer, mas posso adiantar que precisou de muito preparo, como caracterização, esforço físico e psicológico e figurino. Foram muitos detalhes para a realização das cenas que vão ao ar nos últimos capítulos, mas foi incrível”, diz.

Para acompanhar tudo que vai acontecer na novela e na vida do personagem, não perca O Rico e Lázaro, de segunda a sexta-feira, às 20h40, na RecordTV.

Quem foi Belsazar?

Neto do rei Nabucodonosor ele foi corregente de seu pai, Nabonido, pois não reinava sozinho. Mas como seu pai não assumiu o trono de fato, Belsazar liderou o governo da Babilônia e foi o último rei do Império Babilônico.

A Bíblia, no livro de Daniel, no capítulo 5, mostra um rei tirano e apegado às crenças pagãs. Durante um de seus banquetes, Belsazar blasfema contra Deus e é castigado por usar os utensílios de ouro e de prata que haviam sido tirados do Templo de Jerusalém. “Então, trouxeram os utensílios de ouro, que foram tirados do templo da Casa de Deus, que estava em Jerusalém, e beberam neles o rei, os seus grandes e as suas mulheres e concubinas.” (Daniel 5.3). Naquele mesmo dia ele foi morto. “Então, mandou Belsazar que vestissem Daniel de púrpura, e lhe pusessem cadeia de ouro ao pescoço, e proclamassem que passaria a ser o terceiro no governo do seu reino. Naquela mesma noite, foi morto Belsazar, rei dos caldeus.” (Daniel 5.29,30).

ler mais
Reportar erro

comentários

Carregar mais

Comunicar Erro

Comunique à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente