O batismo com o Espírito Santo

(*) Por bispo Edir Macedo/ Foto: Reprodução beforethe74th/Tumblr

Em outras palavras, o batismo com o Espírito Santo é a confirmação de Deus, em toda a Sua plenitude, dentro de nós: é a resposta de Deus aos anseios do homem e mulher cristãos. Devido à obra diabólica de todas as forças do inferno exercida na humanidade (e por isso mesmo, pode-se dizer sem exagero que esta Terra se transformou num reino de Satanás), não há outra alternativa para o seguidor do Senhor Jesus, senão receber o Seu Espírito para poder guiá-lo em total e completa segurança por todos os dias da sua vida terrena.

O batismo com o Espírito Santo não pode ser considerado em termos de opção denominacional doutrinária, pois é uma necessidade imprescindível, de tal forma que sem ele a chance de sobrevivência cristã neste mundo é praticamente impossível.

Quando Martinho Lutero descobriu que “o justo viveria pela fé” e não pelas obras das próprias mãos, uma luz se acendeu neste mundo, e para aqueles que viviam na região católica da sombra da morte, guiados pela sórdida ganância papal, resplandeceu a luz do Evangelho puro, limpo e cristalino. E as trevas se transformaram num poderoso Estado dentro dos demais Estados desta Terra, a fim de sugar, em nome de Deus, o sangue dos famintos e ignorantes da graça do Senhor Jesus.

E assim o Evangelho foi sendo difundido e aceito pelas nações. O espírito satânico religioso também se aproveitou da politicagem egoísta dentro da igreja evangélica. Então, hoje podemos encontrar igrejas transformando-se em boates; “cristãos” acreditando que suas línguas estranhas sejam o batismo com o Espírito Santo; enfim, toda a orgia e sujeira praticadas do lado de fora têm sido também vividas dentro das igrejas.

Ora, por isto e muito mais que desconhecemos, como nós que somos realmente "raça eleita, sacerdócio real, nação santa, povo de propriedade exclusiva de Deus”, que fomos chamados das trevas para a Sua maravilhosa Luz, poderemos nos conduzir neste mundo e ainda assim manter a nossa fidelidade ao nosso Senhor Jesus sem escorregarmos no adultério, prostituição, avareza e toda a sorte de carnalidade que imperam neste mundo podre e nojento? Por estas razões e muito mais, o batismo com o Espírito Santo se faz urgente na vida de todos os que querem andar “assim como Ele andou".

Se você quer aprender mais sobre a Palavra de Deus e ter a direção do Espírito Santo para praticá-la, participe do Jejum de Daniel.

(*) Texto retirado do livro "O Espírito Santo", do bispo Edir Macedo.

ler mais
Reportar erro

comentários

Carregar mais

Comunicar Erro

Comunique à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente