Novas regras para o uso do cartão de crédito

Por Lorrainne Silva / Foto: Fotolia

O governo decidiu mudar as regras de cobrança para as contas do cartão de crédito, por causa do elevado índice de inadimplência no País. A alteração entra em vigor no dia 3 de abril e evitará que o consumidor fique preso ao crédito rotativo.

O pagamento mínimo é de pelo menos 15% do valor total da fatura mensal, segundo determinação do Banco Central. Quando o consumidor paga apenas o mínimo, o restante da despesa entra no crédito rotativo.

O que muda

O consumidor ainda poderá pagar o valor mínimo, mas, com a nova regra, o banco terá de oferecer uma proposta de parcelamento do saldo devedor em 30 dias após o pagamento da conta. Cada banco definirá as próprias regras para esse parcelamento.

Os clientes também terão a opção de efetuar o pagamento à vista, no valor total da fatura. Caso não escolha nenhuma das duas alternativas, ele ficará inadimplente.

A expectativa do governo é de que as taxas de juros caiam pela metade e de que o cliente fique por menos tempo no rotativo do cartão.

Vale lembrar que o cartão de crédito é uma das modalidades com as taxas de juros mais elevadas do mercado brasileiro. Por isso, lembre-se de usá-lo de forma inteligente.

ler mais
Reportar erro

comentários

Carregar mais

Comunicar Erro

Comunique à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente