Lidando com os problemas

Trecho do livro "Melhor do que Comprar Sapatos", de Cristiane Cardoso / Foto: Thinkstock

A vida não passa de um sonho - e para algumas, um sonho ruim. Um dia tudo acaba. Uma pessoa pode enfrentar problemas extremamente difíceis hoje e, amanhã, esses mesmos problemas podem deixar de existir ou de ter tanta importância. O fato é que tudo passa, seja bom ou ruim. A única coisa que permanece é a própria pessoa, ou seja, o seu caráter, a sua reputação e a sua força.

A teoria perde completamente o sentido quando os problemas vêm à tona. Parece que nunca vão acabar, embora eu e você saibamos que um dia eles terão um fim. Na verdade, o problema está na maneira como lidamos com eles. Muitas são as mulheres que se deixam dominar e acabam recorrendo a antidepressivos, permitindo que os seus problemas lhes causem ainda mais problemas.

Lembro-me de uma jovem que tinha tremenda aversão aos homens. Ela não era homossexual, mas estava decidida a viver sem que o seu vazio sentimental fosse preenchido. Quando lhe perguntei o porquê de tanto ódio, ela me deu uma desculpa perfeita: Homens tinham abusado dela no passado e, por isso, ela não conseguia confiar em mais ninguém. A triste realidade dessa jovem era por causa de uma experiência ruim no passado que a fez decidir pela destruição do seu futuro também. Em outras palavras, um único problema estava lhe causando dezenas de outros problemas.

Muitas não têm a menor ideia de como lidar com os seus problemas; por isso, acabam por seguir o caminho mais difícil para resolvê-los e poucas são aquelas que, de fato, tiram proveito de suas experiências. Veja minha amiga, que os problemas podem ser bênçãos disfarçadas. Embora sejam sempre muito ruins, pois quase sempre nos fazem chorar, nos aborrecem e nos fazem passar por humilhações, aquelas que sabem como reagir diante das dificuldades que enfrentam tem a capacidade de transformá-los em bênçãos!

Ao invés de reagir contra um problema, tente entender o seu por que. Ao invés de ficar chorando, tire uma lição dele. Sempre existe algo que você pode aprender com os seus problemas e é exatamente isso que vai lhe ajudar a evitar que a mesma situação torne a acontecer. Por exemplo, um mau casamento. É triste, mas a verdade é que muitas mulheres acabam por fazer um mau casamento. Mas se pararem para pensar vão chegar à conclusão de que, antes de terem se casado com o homem errado, foram-lhes dados sinais suficientes de que ele era a escolha errada. Talvez fosse o modo como mudava de temperamento de maneira brusca, os constantes desentendimentos, o envolvimento com outras mulheres solteiras, o seu apego aos familiares, a sua incapacidade de concluir as coisas que começava, a sua dificuldade de arrumar um emprego permanente, etc. A mulher tende a pensar que tudo vai melhorar depois do casamento, mas, na verdade, a situação se torna ainda pior! Se você deseja saber se o seu casamento vai dar certo, analise a fase de namoro de vocês. Se era conturbado, então o seu casamento também será conturbado. Se era tranquilo e vocês viviam num verdadeiro mar de rosas, então o seu casamento tem tudo para dar certo!

Tire vantagem dos seus problemas. Descubra o que eles realmente significam leia as entrelinhas e certifique-se de que você aprendeu a lição! É para isso que os problemas existem: Eles servem para nos ensinar a não cometer os mesmos erros novamente. Só isso! Não faça dos seus problemas uma tempestade num copo d’água. Não se deixe levar pela depressão, destruindo o seu futuro por causa de algo que lhe aconteceu; caso contrário, os problemas persistirão até que você tenha aprendido a sua lição.

ler mais
Reportar erro

comentários

Carregar mais

Comunicar Erro

Comunique à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente