Homens se vestem de “diabo” e saltam sobre bebês para purificá-los

Por Rafaella Rizzo / Fotos: Reprodução

Uma tradição milenar acontece anualmente na Vila de Castrillo de Murcia, que fica a pouco mais de 200 quilômetros de Madrid, capital da Espanha. O “El Colacho” (algo como “Salto sobre o bebê”, em tradução livre) é um tradicional festival católico que, desde 1620, celebra o Corpus Christi no vilarejo. No evento, homens vestidos de vermelho e amarelo, representando o diabo, pulam sobre bebês com menos de 1 ano deitados em colchões na rua. Segundo a crença, o ritual é para purificar as crianças.

Muitas outras religiões acreditam que rituais de purificação das crianças são necessários, mas a Bíblia é clara em dizer que elas são inocentes, puras, e que pertencem ao Reino dos Céus: “Jesus, porém, disse: Deixai os meninos, e não os estorveis de vir a Mim; porque dos tais é o Reino dos Céus.” Mateus 19.14

Ainda de acordo com a Bíblia, também não é necessário que elas sejam batizadas, já que não têm consciência do pecado e não precisam se arrepender. Elas devem, sim, ser apresentadas a Deus, como o próprio Senhor Jesus o foi, 8 dias após o Seu nascimento: “... O levaram a Jerusalém, para O apresentarem ao Senhor.” Lucas 2.22

Assim, somente quando crescer e tiver entendimento de que precisa se arrepender para ser salva, uma pessoa poderá decidir se batizar nas águas ou não.

Na Universal, todas as crianças são apresentadas a Deus, em oração, durante as reuniões de domingo. Vá a uma das igrejas e converse com um pastor ou bispo para mais informações sobre o assunto.

Clique aqui para encontrar o endereço do templo mais próximo da sua casa.

ler mais
Reportar erro

comentários

Carregar mais

Comunicar Erro

Comunique à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente