Ex-presidiários tomam decisão importante

Por Débora Picelli / Fotos: Cedidas pelo grupo Universal nos Presídios (UNP)

A Bíblia diz:

“Quem crer e for batizado será salvo. Mas quem não crer será condenado” Marcos 16:16

Assim como a Escritura Sagrada ensina a crer, ela também educa e direciona sobre a importância de se batizar nas águas, a fim de alcançar uma vida verdadeiramente renovada e transformada. Mas, para que isso aconteça, essa decisão única precisa nascer por própria vontade da pessoa.

E foi exatamente essa determinação que moveu, primeiramente, o ex-presidiário Jefferson Donzelli da Cruz, de 33 anos. Cansado de sofrer e de ter dentro de si um vazio que o consumia, depois de participar das reuniões que o grupo Universal nos Presídios (UNP) fazia (e faz) quando ainda estava no período de reclusão, ele decidiu se entregar ao Senhor Jesus e mudar completamente de vida.

Já em liberdade, no dia 29 de outubro último, Jefferson (foto acima) se batizou nas águas, na Catedral de Ribeirão Preto, localizada no interior de São Paulo.

Jefferson conheceu o trabalho de evangelização da Igreja, conta, quando estava no Centro de Detenção Provisória (CDP) de Ribeirão Preto. Logo nos primeiros encontros, e com a visita dos voluntários, ele já sentiu uma transformação: seus pensamentos começaram a mudar completamente a ponto de fazê-lo perceber e, principalmente, enxergar que a vida no crime não valia a pena.

Durante 6 anos – tempo em que ficou preso por duas vezes: na primeira, durante 5 anos e 5 meses, e na segunda, mais 7 meses – Jefferson respondeu pelo crime de porte ilegal de armas e furto.

“Eu tinha uma cabeça completamente voltada para o crime. Cheguei a trocar tiros com a Polícia. Tenho, inclusive, cicatrizes na barriga por causa das balas”, relembra Jefferson, hoje, determinado a ser uma pessoa melhor.

Em busca da Salvação

Em outro ponto da cidade, no primeiro semestre deste ano, o mesmo aconteceu com o ex-presidiário Glauber André Salustiano de Matos, de 28 anos (foto abaixo, ao lado da esposa), que também tomou a decisão de se batizar nas águas, porém, quando ainda estava preso na Penitenciária 1 de Serra Azul, localizada na região metropolitana de Ribeirão Preto.

Após ter cometido alguns delitos e praticar assaltos, Glauber, ainda dentro da cela, começou a ouvir a Palavra de Deus, evada pelos voluntários do UNP da região, quando percebeu que uma mudança precisava acontecer em sua vida.

Foi então que, ao usar a sua fé inteligente, durante uma das visitas de sua esposa, Suellen Mirian de Sousa Matos, de 29 anos, o rapaz decidiu deixar para trás os erros, a criminalidade e se batizar nas águas, tornando-se um novo homem. Na oportunidade, a esposa, que já vivia na fé, também se batizou ao lado dele.

“A primeira mudança aconteceu dentro de mim. Passei a ter paz, dormir durante a noite e a ter nojo das drogas. Além disso, as minhas atitudes também mudaram. Passei a tratar minha esposa com mais amor e ter amor pelo próximo; percebi que aquele coração ruim já não existia mais”, relembra Glauber.

Essa transformação, no entanto, foi além do imaginado. “Comecei a mostrar para os meus companheiros de cela que Deus poderia fazer na vida deles o mesmo que estava fazendo na minha”, contou ele.

Meses após o batismo, a sua liberdade do presídio - após 3 anos e 6 meses de detenção - também aconteceu e Glauber pôde assumir a sua fé por completo. Ele começou a participar das reuniões na Catedral da cidade e, hoje, garante: “Sou um novo homem e tudo isso só foi possível, porque eu usei a fé e obedeci a Palavra que me foi ensinada ainda dentro do presídio”, comemorou Glauber.

Para conhecer o trabalho que o grupo Universal nos Presídios tem realizado, acesse o perfil oficial do coordenador geral do UNP em todo o País, bispo Eduardo Guilherme, clicando aqui. Caso queira participar de uma reunião da Universal, procure o endereço mais próximo de sua casa..

ler mais
Reportar erro

comentários

Carregar mais

Comunicar Erro

Comunique à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente

Expediente

Editora Executiva:

Cinthia Meibach e Eliana Caetano

Editora de Conteúdo Web:

Ivonete Soares

Repórteres:

Andre Batista, Daniel Cruz, Débora Picelli, Jeane Vidal, Maria do Rosário, Michele Roza, Rafaella Rizzo, Sabrina Marques



E-mail para Contato: redacao@sp.universal.org.br

Telefone: (11) 3321-5244

Endereço: Rua dos Missionários, 139, Santo Amaro - São Paulo (SP)

Cep: 04729-000