Ele chegou a deixar a vida amorosa de lado

Por Ana Carolina Cury / Fotos: Cedidas

Uma reclamação muito frequente entre os solteiros é não conseguir encontrar reciprocidade no amor, ou seja, são amados por quem não desejam estar ao lado e rejeitados por quem se interessam. Edvaldo Gonçalves Fernandes Junior (foto acima), de 29 anos, autônomo, passou por isso durante muitos anos.

“Por conta desses desencontros nenhum relacionamento ia para a frente. Até que chegou a um ponto em que eu deixei minha vida amorosa de lado e decidi lutar por outras áreas, principalmente a financeira. Achei que tomando essa atitude tudo se resolveria naturalmente, mas não foi isso o que aconteceu”, se lembra.

Apesar de estar se saindo bem na vida profissional o vazio interior só aumentava. Então, para preencher essa falta, ele decidiu se abrir novamente para conhecer alguém. Em 2014, durante uma excursão para visitar o Templo de Salomão, ele conheceu Grazielle Silva dos Santos Fernandes, de 32 anos, auxiliar administrativo. Só que ela também tinha marcas do passado que a impediam de acreditar na felicidade amorosa.

“Já tinha sido traída e, por isso, tinha receio de me decepcionar. Nós nos interessamos um pelo outro naquele dia, mas decidimos ser, a princípio, bons amigos. Essa amizade durou nove meses”, conta Grazielle.

Cura interior

Após muitas conversas, eles decidiram iniciar o namoro, mas, para que desse certo, procuraram auxílio. “Começamos a participar das palestras da ‘Terapia do Amor’ porque sabíamos que sem a direção do Alto fracassaríamos. Após alguns meses, a primeira coisa que aconteceu dentro de mim foi a mudança de pensamento. Voltei a acreditar que era possível ser feliz se usasse as ferramentas adequadas”, afirma o autônomo.

Grazielle aceitou o pedido de namoro depois que se curou dos traumas. “Quando comecei a frequentar a ‘Terapia do Amor’ curei meu interior. Meu comportamento mudou, não era mais nervosa, sabia ouvir e não deixava o sentimento me dominar. Depois que isso aconteceu, em maio de 2015, começamos a namorar”, acrescenta.

O dia do casamento

Em outubro de 2016 eles ficaram noivos. “Decidimos nos casar porque entendemos que a melhor maneira de sermos completos era dando esse passo importante. Assim, oficializamos a união no dia 10 de maio de 2017 na sede da Universal do Jardim São Vicente, em São José dos Campos, interior de São Paulo. Foi tudo muito lindo. Posso dizer que foi perfeito”, diz Junior.

Casados há quase dois meses, eles contam que seguem colocando em prática tudo que aprendem nas palestras. “Ir todas as quintas-feiras já faz parte das nossas vidas. É um aprendizado constante. E é esse o segredo que faz com que hoje sejamos referência de relacionamento feliz e completo para nossa família”, finaliza Grazielle.

Para saber mais como resolver os problemas da vida amorosa, participe das palestras da Terapia do Amor, todas às quintas-feiras, em uma Universal mais próxima de você. A cada palestra, casais, noivos, namorados e solteiros aprendem sobre o amor inteligente e como desenvolver o relacionamento a dois.

ler mais
Reportar erro

comentários

Carregar mais

Comunicar Erro

Comunique à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente