Dicas para não ser vítima de fake news

Por Andre Batista / Imagem: Thinkstock

A população está cansada de notícias falsas. É isso o que indica um estudo realizado pela Kantar, a maior empresa de pesquisas da América Latina. De acordo com os dados colhidos, cada vez mais pessoas buscam informações em veículos de imprensa consolidados, para que não sejam enganadas pelas chamadas “fake news”.

Eleita pelo dicionário britânico Collins como “palavra do ano 2017”, fake news ganhou muito destaque, principalmente nas redes sociais, nos últimos anos. De acordo com o dicionário, o termo significa “informação falsa, frequentemente sensacionalista e disseminada sob disfarce de reportagem jornalística”.

A pesquisa da Kantar revelou que 39% das pessoas passaram a pesquisar mais de uma fonte para não se tornarem vítimas de mentiras e boatos, especialmente se essas mentiras chegam até elas por meio de redes sociais. Em contrapartida, as emissoras de televisão que transmitem notícias 24 horas por dia vêm ganhando cada vez mais credibilidade. Segundo a Kantar, 69% das pessoas confiam mais em canais dedicados a notícias.

A pesquisa da Kantar foi realizada no Brasil, nos Estados Unidos, no Reino Unido e na França e revelou que 73% das pessoas acreditam que o “jornalismo de qualidade é fundamental para uma democracia saudável”.

Dicas para não ser vítima de fake news

Para não ser enganado por notícias falsas, os seguintes passos podem ser seguidos:

1 – Procure sempre pela notícia em veículos jornalísticos de credibilidade. Se não estiver publicada nesses canais, provavelmente não é verdade;

2 – Nunca leia apenas o título. Muitas vezes os mentirosos utilizam títulos chamativos para serem compartilhados, sendo que o conteúdo não diz nada daquilo ou é falso;

3 – Se a notícia for sobre uma pessoa ou sobre uma empresa, busque a versão do próprio personagem. Por exemplo: a Universal frequentemente é alvo de calúnias e fake news. Por isso criou o blog Mitos e Verdades. Nele você pode encontrar todas as notícias sobre a Universal comentadas, mostrando a realidade sobre o assunto.

Não seja vítima das mentiras. Pesquise!

ler mais
Reportar erro

comentários

Carregar mais

Comunicar Erro

Comunique à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente