Como pregar o Deus vivo a 1 bilhão de pessoas que O veem como apenas mais um deus?

Por Andre Batista / Imagens: Universal

“Não rejeiteis, pois, a vossa confiança, que tem grande e avultado galardão.

Porque necessitais de paciência, para que, depois de haverdes feito a vontade de Deus, possais alcançar a promessa.

Porque ainda um pouquinho de tempo, E o que há de vir virá, e não tardará.

Mas o justo viverá da fé; E, se ele recuar, a minha alma não tem prazer nele.

Nós, porém, não somos daqueles que se retiram para a perdição, mas daqueles que creem para a conservação da alma.” Hebreus 10.35,36

Esses versículos bíblicos exemplificam bem o trabalho da Universal na Índia, pois, independentemente de quantos problemas surjam no caminho, a Igreja segue em frente.

A Índia é um dos maiores países do planeta, com quase 1,3 bilhão de habitantes. País de dimensões continentais e dono de uma cultura milenar, estabeleceu tradições e dogmas comuns à maioria, especialmente religiosas. Mais de 900 milhões de pessoas (o equivalente a 80,5% da população), por exemplo, são adeptas do hinduísmo, uma religião que conta com inúmeros deuses. Já 13,4% da população segue o islamismo. Na Índia, os cristãos correspondem a apenas 2,3% da população, de acordo com números do censo realizado pelo Governo indiano, de 2011. No país, a maioria da população vê o Senhor Jesus como mais um entre milhares de deuses.

Por isso, quando a Universal chegou a terras indianas, em agosto de 1995, os evangelizadores tiveram que se esforçar para fazer aquelas pessoas acreditarem em um Deus único, capaz de oferecer a Salvação para qualquer pessoa que se dedicasse a Ele.

O pastor Sathish Kumar, que atualmente toma conta do trabalho de evangelização da Universal no país, explica que, ao longo desses anos, muitas vezes a Igreja foi difamada por líderes de outras religiões.

“Nós éramos sempre falsamente acusados pela comunidade religiosa hindu e ameaçados para não evangelizarmos. Nós também fomos chamados de ‘falsos cristãos’ pelas Igrejas cristãs que já estavam presentes anteriormente”, conta o pastor.

Demonstrar que cada pessoa é capaz de estabelecer um relacionamento direto e verdadeiro com um Deus Único não é bem visto por muitas pessoas em diversos países. Na Índia, onde os cristãos protestantes são a minoria da população, existe até perseguição religiosa. Mesmo assim, como afirma a passagem bíblica destacada acima, a confiança não se abala e os voluntários não desistem de sua missão.

"Deus não se trata de religião"

Apesar das lutas diárias, atualmente a Universal conta com três igrejas na Índia, sendo que a sede está localizada em Chennai, capital e maior cidade do estado Tamil Nadu (foto de abertura dessa matéria). Para levar o Evangelho ao maior número de pessoas, os pastores visitam diversas regiões e prestam serviços e atendimento espiritual por meio de redes sociais. “Uma das maiores dificuldades é fazer as pessoas entenderem sobre a fé inteligente, isto é, que Deus não se trata de religião, mas da fé viva que nós podemos obter por meio de Sua Palavra”, explica o pastor Kumar. “Por causa do ensino religioso e emotivo das igrejas daqui, as pessoas acham difícil aderir à verdadeira fé.”

Para alcançar as pessoas, demonstrando que a fé real não se baseia na emoção, a Universal trabalha com diversos grupos:

- Grupo de Evangelistas: leva a Palavra de Deus durante visitas realizadas nos mais diferentes lugares, como casas, hospitais, orfanatos, etc.;

- Força Jovem: trabalha intensamente na evangelização e conscientização de jovens;

- Godllywood: atua com a finalidade de demonstrar o valor e poder das mulheres;

- Children’s Biblical Centre: grupo correspondente à Educação Bíblica Infantojuvenil, que realiza trabalhos junto às crianças da Universal;

- Grupo Resgate: equipe responsável por reaproximar pessoas que já fizeram parte da Universal e hoje estão afastadas de Deus;

- IntelliMen: projeto desenvolvido pelo bispo Renato Cardoso que visa ajudar o homem a se conhecer melhor para seguir se aperfeiçoando em todas as áreas da vida.

Vontade de viver

Gosala Kondaiah Venkatesh (foto abaixo), de 43 anos, é um dos muitos indianos que encontraram na Universal a fé que traz solução. Ele tinha sérios problemas com raiva e pensamentos suicidas, além disso, Venkatesh era adúltero, batia na esposa e tinha insônia.

“Um amigo me convidou para conhecer a Universal, mas, no princípio, por causa de minha mente religiosa, eu rejeitei o convite e até fiquei bravo com esse amigo. Porém, depois de perceber que eu tinha tudo que poderia ter na vida, mas seguia infeliz, aceitei o convite para participar de uma reunião.”

Foi então que a vida de Venkatesh e de sua família começou a mudar. Ele conta que foi muito bem recebido na Universal e ali encontrou uma paz imensa. Na mesma noite que lá chegou, pôde dormir como não fazia havia anos.

“Quando eu comecei a participar das reuniões, pude ver que, a cada encontro, a minha vida se transformava. Hoje eu estou livre daqueles horríveis hábitos, sou fiel e respeito a minha esposa. Existe uma total transformação em minha vida, graças a Deus.”

“As Palavras do nosso Senhor têm vida”, acrescenta o pastor Kumar.

Visite hoje mesmo a Universal mais próxima de sua casa e descubra como receber essa vida que vem de Deus.

Veja na galeria de fotos abaixo mais imagens das ações da Universal na Índia:

ler mais
Reportar erro

comentários

Carregar mais

Comunicar Erro

Comunique à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente