Cinto de segurança é obrigatório para todos os passageiros

Por Rê Campbell / Foto: Fotolia

Você usa cinto de segurança quando viaja no banco de trás do carro? Muitas pessoas continuam ignorando a importância desse item, embora no Brasil ele seja obrigatório para motoristas e passageiros há 20 anos. Enquanto 97% dos ocupantes dos bancos da frente utilizam o cinto, apenas 7% das pessoas que ficam atrás fazem o mesmo, segundo a Associação Brasileira de Medicina de Tráfego (Abramet).

Uma pesquisa feita em junho deste ano na rodovia Régis Bittencourt, em São Paulo, confirma a negligência de muitos passageiros. O levantamento mostrou que 48% dos ocupantes do assento de trás ignoram o cinto de segurança, de acordo com a concessionária Arteris, administradora da via. “Importante lembrar que, além de o passageiro de trás correr o mesmo risco em acidentes, ainda pode ser lançado e ferir quem está à frente”, alertou o gerente corporativo de operações da empresa, Elvis Granzotti, em nota.

Proteja sua vida

O cinto de segurança ajuda a salvar muitas vidas. Ele reduz em 75% o risco de morte para os passageiros do banco traseiro e em 45% para os ocupantes que estão na frente, segundo a Abramet.

Só em São Paulo, 57,4% das vítimas fatais do banco traseiro estavam sem o cinto de segurança em acidentes ocorridos entre janeiro de 2012 e junho de 2016 nas rodovias sob concessão, indica estudo da Agência de Transporte do Estado de São Paulo (Artesp). Não usar o cinto de segurança gera multa de R$ 195 e inclusão de cinco pontos na carteira. O motorista também é responsabilizado se os passageiros estiverem sem o item.

ler mais
Reportar erro

comentários

Carregar mais

Comunicar Erro

Comunique à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente