Bairro carente de Natal, no Rio Grande do Norte, recebe ajuda do A Gente da Comunidade

Da redação (*) / Fotos: Cedidas pelo grupo A Gente da Comunidade RN

No final do mês passado, voluntários do grupo de evangelização (EVG) da Universal do estado do Rio Grande do Norte, por meio do A Gente da Comunidade, estiveram presentes em mais um evento social. Desta vez, o local escolhido para a ação foi a Escola Municipal Professora Maria Cristina Osório Tavares, localizada no bairro Felipe Camarão, em Natal, capital do estado.

Participaram do movimento 300 profissionais de diversas áreas, os quais realizaram serviços gratuitos de cortes de cabelo, manicure, orientação jurídica, atendimento de enfermagem –realização de curativos e aferição de pressão arterial -, aplicação de flúor em crianças, massagem e, principalmente, atendimento espiritual, além de orientações às mulheres pelas voluntárias dos projetos Raabe e T-Amar ambos integrantes do grupo Godllywood, da Universal.

Além de uma sopa preparada exclusivamente para os moradores da região, também foram distribuídas cestas de alimentos e brindes. Mais de 1.500 pessoas foram atendidas nessa ação.

EVG em ação

O grupo de evangelização da Universal no estado, coordenado pelo pastor Max Serrão, realiza frequentemente essas ações. “Separamos sempre o último domingo de cada mês e escolhemos um bairro ou uma cidade e lá procuramos uma escola que será beneficiada com o evento. Este mês que passou ficou marcado pela campanha 'Setembro Amarelo'. Durante a programação todas as pessoas foram orientadas a dizer ‘não ao suicídio’; os donativos e o material arrecadado foram oferecidos pelos próprios voluntários que se organizaram durante vinte dias para essa ação”, comentou o pastor, que também esteve presente no dia.

Na oportunidade, falou a todos sobre a possibilidade de eles recomeçarem uma nova vida, agora com o Senhor Jesus.

“Para muitos, você é apenas um número no meio da multidão, mas a partir do momento que coloca o Senhor Jesus em primeiro lugar, Ele assume um compromisso de lhe fazer feliz, trazer paz e dar forças para vencer e recomeçar. A sua vida tem valor”, enfatizou o pastor, orando em seguida pela libertação e proteção de todos.

E concluiu: “Quando chegamos a estas pessoas, temos a oportunidade de mostrar-lhes que existe uma saída; muitas não acreditam mais em uma mudança, algumas foram abandonadas pela própria família, outras estão entregues aos vícios, mas sabemos que o poder da fé restaura qualquer vida, por isso nos dedicamos para alcançar quem sofre.”

(*) Com informações do grupo A Gente da Comunidade do Rio Grande do Norte

Veja como foi o movimento na galeria de fotos:

ler mais
Reportar erro

comentários

Carregar mais

Comunicar Erro

Comunique à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente