eb3c52f78ce3362254213324871c7984 Atitudes que as mulheres odeiam - Universal.org

Atitudes que as mulheres odeiam

Por Eduardo Prestes/ Foto: Fotolia

Ouvimos muito o homem reclamar que enfrenta muitas dificuldades no mercado de trabalho e que até em seu relacionamento as coisas não vão tão bem assim. A verdade é que se formos analisar melhor nem sempre ele está se ajudando muito. E pior do que isso: não tem autocrítica para perceber que pequenas atitudes que depõem contra ele têm que ser mudadas urgentemente. Listamos alguma delas que, na opinião das mulheres, são horríveis, mas que, se deixarem de ser praticadas pelo homem, podem ajudá-lo imensamente.

Cuspidas e arrotos

A primeira é cuspir na rua. É um ato corriqueiro que passa a ideia de que o homem parece um animal irracional sem controle, que dá uma cuspida a cada minuto. Esse mau hábito é tão nojento quanto arrotar alto. Se o homem tem um enorme trabalho para se mostrar o par ideal para a pretendida, deve saber que essas duas ações vão acabar totalmente com o romance.

Unhas

Muitos homens costumam não cortar as unhas dos pés e das mãos, deixando-as crescer a ponto de parecerem garras. Se o seu objetivo não for se tornar um ogro ou algo do tipo, uma aparada semanal nelas vai muito bem, sem contar que é uma questão de higiene pessoal.

Banheiro

Ir ao banheiro, usá-lo, não abaixar a tampa do vaso e ainda não acionar a descarga também incomoda. Caso não tenha entendido, a mulher senta no vaso na hora de utilizá-lo e, com certeza, não quer ver o que você fez antes dela, certo? Por isso, da próxima vez que for ao banheiro, lembre-se de agir de forma diferente da que está acostumado.

Cantadas

Dar cantada é outra ação que a mulher odeia. E, se a cantada for bizarra, nem se fala. A mulher simplesmente não quer ser cantada. Ela se sente oprimida e repudia essa atitude masculina. Se você tem interesse em uma mulher, seja educado e aja com respeito ao conversar com ela. Sem ser ofensivo, você será muito mais atraente.

Se coçar

Outra atitude que incomoda bastante é se coçarem em público. E tudo se agrava quando o homem resolve coçar as partes íntimas e não está nem aí para quem está à sua volta. Alguns deles vão tentar justificar de que se trata de um instinto masculino e que é algo incontrolável, mas essa desculpa não "cola". É preciso ser inteligente e se dominar.

Machismo

Mas, se as ações anteriores irritam a mulher, nenhuma delas incomoda tanto quanto agir de forma machista ou fazer comentários dessa ordem. As mulheres rejeitam o homem que age assim e, por exemplo, senta no ônibus com as pernas abertas. Isso constrange quem está ao lado. O homem que fala coisas como “lugar de mulher é na cozinha” e “mulher no volante é perigo constante” também tende a ser repelido pelo público feminino. Além de ser algo que está fora de moda, o machismo afasta a mulher do homem em todos os sentidos.

Mudança

Para o escritor e palestrante Renato Cardoso até mesmo o homem mais arredio e viciado nesses maus hábitos pode mudar. “Conheço ex-maus maridos que hoje são o sonho de suas esposas e ex-cafajestes que tomaram vergonha na cara e se tornaram homens de verdade. Mas todos eles, sem exceção, tiveram que mostrar que mudaram de fato e não apenas falar ou prometer que mudariam. Deram a mão à palmatória, adotaram um novo comportamento, radicalmente diferente do que tinham, e se redimiram”, conclui.

ler mais
Reportar erro

comentários

Carregar mais

Comunicar Erro

Comunique à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente

Expediente

Editora Executiva:

Cinthia Meibach

Coordenadora de Conteúdo Web:

Ivonete Soares

Repórteres:

Andre Batista, Daniel Cruz, Débora Picelli, Jeane Vidal, Michele Roza, Rafaela Dias, Rafaella Rizzo, Sabrina Marques



E-mail para Contato: redacao@sp.universal.org.br

Telefone: (11) 2392-3372

Endereço: Rua João Boemer, 254 - Brás, São Paulo

Cep: 03018-000