eb3c52f78ce3362254213324871c7984 Alerta: Você pode ser uma das muitas vítimas da preguiça - Universal.org

Alerta: Você pode ser uma das muitas vítimas da preguiça

Da Redação/ Foto: Fotolia

O tempo está passando e o seu sofá da sala já está até amassado de tanto que você fica sentado assistindo à TV, parceiro? A sua esposa já está sem voz de tanto lhe pedir para você trocar a lâmpada queimada? Ou o seu chefe tem que lhe lembrar o tempo todo quais são as suas responsabilidades dentro da empresa? Se esse tipo de situação tem se tornado comum em sua vida, ligue o alerta: você pode ser uma vítima do “vício em não fazer nada”.

Mas, vamos com calma, porque você não é o único. Infelizmente, muitos homens sofrem desse mal e nem sabem. Contudo, hoje, você vai aprender a como se livrar disso de uma vez por todas. Primeiro, você precisa ter consciência de que precisa mudar, companheiro. Do contrário, nenhuma dica que você encontrar aqui vai lhe ajudar.

Entenda que a pessoa preguiçosa vive a maior parte do tempo perdida em seus pensamentos, mas é imóvel no mundo real. Por isso, você precisa compreender que para vencer a preguiça é necessário agir. Agir apesar do medo ou da falta de vontade. Não espere se sentir “motivado” para agir. Quando você receber as contas para pagar, a motivação chegará rapidinho. Ainda que o que você fizer não esteja perfeito, do jeito que você queria, continue fazendo. Porque se você plantar, mais cedo ou mais tarde, você colherá.

O próximo passo é ter uma visão clara de onde você quer chegar e dizer “não” para todo o resto. E para alcançar esse objetivo você precisa ter uma lista diária e de longo prazo de “coisas para fazer” – estabelecendo prazos.

Todos os dias, pegue a sua lista e comece resolvendo os problemas mais difíceis. Ao longo do dia, passe para os mais fáceis. Outra dica: procure resolver o problema assim que ele chegar em suas mãos. Dessa maneira, você não dará tempo para a preguiça lhe atacar. No começo, talvez você não consiga completar a lista de tarefas diárias. Mas, com o passar do tempo, você perceberá que a sua habilidade de resolver os problemas estará maior.

Acima de tudo, seja inquieto, movimente-se. O vencedor está sempre pensando em uma maneira de fazer melhor as coisas, está sempre estabelecendo novas metas para si mesmo e vai trabalhar com disciplina para chegar aonde quer.

Talvez, você já se sinta cansado só de ler essas dicas. Mas você não tem escolha: ou muda e se torna um vencedor ou os problemas vão consumir a sua vida.

"Viciado em não fazer nada"

Ao longo de 10 anos de casamento, o tecnólogo em química Paulo Gueraldt, de 37 anos, viveu como vítima do “vício em não fazer nada”. Com o decorrer do tempo, ele foi transferindo as responsabilidades da casa para a esposa, Mislene Gueraldt. Quando o casal percebeu, todos os problemas da família já estavam sob a responsabilidade dela. “O homem da minha casa era a minha esposa. Tudo quanto era decisão, tudo o que precisava fazer, era ela quem via. Eu era simplesmente uma pessoa que vivia dentro de casa, mas não decidia nada. E não era porque ela não me dava espaço, mas por preguiça mesmo”, comenta Paulo.

O comportamento de Paulo, obviamente, trouxe problemas para o relacionamento. Porque, além do desgaste que a esposa dele sofria pelo acúmulo de responsabilidades, os desentendimentos eram inevitáveis.

Felizmente, há cerca de três anos, Paulo conheceu o Projeto IntelliMen, idealizado pelo palestrante Renato Cardoso, que tem como objetivo auxiliar os homens a se tornarem pessoas cada vez melhores: “a primeira vez que ouvi falar do IntelliMen foi em um encontro de que participei no Templo de Salomão. E o projeto me ajudou a enxergar os problemas que eu tinha. Por exemplo, de não ser um homem de verdade, um marido de verdade, um provedor de verdade. A minha esposa não tinha segurança para falar comigo. Mas, por meio do projeto, retomei a faculdade, descobri talentos em mim que eu não sabia que tinha e comecei a andar. Eu também perdi dez quilos para ter o peso ideal. Aquele Paulo viciado em preguiça não existe mais”.

Intellimen

Se você é homem e deseja mudar suas atitudes, a hora é agora. Participe do projeto Intellimen e aprenda como ser um homem melhor. Para mais informações sobre o grupo, clique aqui.

ler mais
Reportar erro

comentários

Carregar mais

Comunicar Erro

Comunique à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente

Expediente

Editora Executiva:

Cinthia Meibach

Coordenadora de Conteúdo Web:

Ivonete Soares

Repórteres:

Andre Batista, Daniel Cruz, Débora Picelli, Jeane Vidal, Michele Roza, Rafaela Dias, Rafaella Rizzo, Sabrina Marques



E-mail para Contato: redacao@sp.universal.org.br

Telefone: (11) 2392-3372

Endereço: Rua João Boemer, 254 - Brás, São Paulo

Cep: 03018-000