Agência de intercâmbio, um turismo diferente

Por Eduardo Prestes / Foto:

Já pensou em ganhar dinheiro organizando e vendendo pacotes de viagens e roteiros para quem quer estudar fora do País? Esse modelo de negócio tem crescido muito nos últimos anos, principalmente nos países em desenvolvimento, onde as pessoas resolveram viajar, conhecer o mundo e se aperfeiçoar. O Brasil é um deles.

Em 2012, por exemplo, o segmento movimentou cerca de US$ 1 bilhão. A Associação Brasileira de Operadores de Viagens Educacionais e Culturais (Belta) afirma que, em 2014, o setor cresceu mais de 30%, ultrapassando US$ 1,3 bilhão. No ano passado, mesmo diante da crise, estima-se que o crescimento tenha sido de 15%.

O público principal das agências é quem decide aprender uma língua no exterior, isso porque, em muitos casos, estudar fora durante um período é muito mais vantajoso e barato do que fazer o mesmo no Brasil. Irlanda, Inglaterra, Austrália, Estados Unidos e Canadá são alguns dos destinos mais procurados pelos intercambistas.

Para Leonardo Mendonça, coordenador regional da Belta em Minas Gerais, há pessoas de todas as idades se interessando por esse modalidade de estudo. “Dos 233 mil intercambistas que deixaram o Brasil no ano passado para viver uma experiência de aprendizado lá fora, calcula-se que mais de 23 mil deles tinham idade superior aos 50 anos. Com a maior expectativa e qualidade de vida, esse número só tende a aumentar”, acredita Mendonça.

Voos mais altos

As cifras mencionadas anteriormente atestam que se trata de um negócio rentável. A empresária Juliana Vital (foto ao lado) percebeu isso algum tempo depois de organizar uma viagem pessoal ao Chile. “Eu nasci em Embu das Artes, em São Paulo, e sempre estudei em escola pública. Meu sonho era aprender inglês, mas a primeira viagem não foi para um país dessa língua. Mesmo assim, com a experiência de ter que tirar passaporte e montar meus roteiros de viagem, tomei coragem para voos mais altos. Fui à Argentina e depois consegui me estruturar para ir à Irlanda, mesmo sabendo muito pouco de inglês”, conta.

Formada em logística, ela conseguiu um emprego na área de comércio exterior, em Dublin, onde passou um ano e depois ficou mais oito meses na Inglaterra. Na volta ao Brasil, com o currículo encorpado pelas experiências em outros países, conseguiu emprego em uma multinacional. “Mas, por causa das viagens que havia feito, muitos amigos começaram a pedir que eu organizasse roteiros de intercâmbio. Eu comecei a fazê-los e vi que poderia ganhar dinheiro com esse trabalho. Comecei sozinha em casa, com um telefone e um computador. Montei a minha agência, registrei com o nome de Vital e fiz um website para divulgá-la. Também tive que começar a entender como é o mercado internacional, as transações financeiras e variações cambiais. É preciso muito cuidado com o mercado flutuante para não perder dinheiro”, alerta.

Hoje, Juliana vive entre Dublin e São Paulo, fez curso de gerenciamento em Harvard, casou com um irlandês e sua agência tem uma equipe de 12 pessoas. “Duas estão no Brasil e o restante na Irlanda. Todas são brasileiras e participaram de intercâmbios por meio da minha agência. A experiência deles como intercambistas ajuda muito na hora de atender ao cliente, pois sabem das dificuldades enfrentadas lá fora e conseguem passar isso de forma bem fácil para quem quer viajar, tirando dúvidas sobre passaportes, vistos e estadias”, diz.

Juliana organiza roteiros de intercâmbio para Austrália, Canadá, Estados Unidos, Irlanda, Chile, Nova Zelândia, África do Sul e oferece um programa de línguas, como espanhol, italiano, francês, inglês e alemão para mais de 40 cidades pelo mundo. Para ela, há uma receita para alcançar o sucesso: “Nesses tempos de crise não deixe de sonhar. Ter fé em Deus, muito trabalho, amor, carinho e dedicação traz retorno. Dessa forma, ele vem naturalmente”, conclui.


Quer aprender a enfrentar as dificuldades do mercado de trabalho e se tornar uma pessoa vencedora? Então, não perca o Congresso Para o Sucesso, que acontece às segundas-feiras, no Templo de Salomão. Para encontrar uma Universal mais próxima de você, acesse www.universal.org/enderecos.

Caso queira adquirir o livro “50 Tons Para o Sucesso”, que contém dicas para a vida profissional e financeira, acesse o Arca Center, clicando aqui.

ler mais
Reportar erro

comentários

Carregar mais

Comunicar Erro

Comunique à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente

Expediente

Editora Executiva:

Cinthia Meibach e Eliana Caetano

Editora de Conteúdo Web:

Ivonete Soares

Repórteres:

Andre Batista, Daniel Cruz, Débora Picelli, Jeane Vidal, Maria do Rosário, Michele Roza, Rafaella Rizzo, Sabrina Marques



E-mail para Contato: redacao@sp.universal.org.br

Telefone: (11) 3321-5244

Endereço: Rua dos Missionários, 139, Santo Amaro - São Paulo (SP)

Cep: 04729-000