A importância de se casar no altar

Por Ana Carolina Cury / Fotos: Demetrio Koch e Arquivo Pessoal

O casamento é uma atitude inteligente de todo casal que quer formar uma família e construir um futuro junto. Quando os noivos tomam a decisão e marcam a data, eles escolhem um lugar para isso: cartório, salão de festas, igreja, etc. Antigamente, era mais comum o casamento na igreja, mas, hoje em dia, ela não tem sido prioridade de muitos. Por isso, conversamos com alguns casais para buscar entender qual a importância desse ato.

“Sabemos que hoje é usual a escolha de lugares práticos, não condenamos isso, só que quando os noivos decidem casar no Altar da igreja, honram o lugar onde tudo começou”, afirma Simone Fontella, responsável pelo setor de casamentos da Universal.

Uma herança
O bispo Francisco Decothé, de 49 anos, e sua esposa, Marilene, de 47 anos, se casaram há 30 anos e, para eles, a decisão de formalizar a união na Universal foi recíproca. “Casamos na igreja porque somos membros e também porque o Altar é o lugar da bênção permanente. Para mim, é o início e a continuação de uma vida de renúncia”, disse o bispo.

Do amor deles nasceu Amanda Decothé, hoje com 25 anos, e o sonho de Francisco e Marilene sempre foi que ela também se casasse na igreja. E assim aconteceu. Há três anos, ela se casou com o pastor Rafael Fialho, de 26 anos. “Quando nasci fui consagrada no Altar e, desde então, toda minha vida permanece nele. Não poderia ser diferente com o meu casamento, que, depois da minha salvação, é o que eu tenho de mais precioso”, diz a jovem.

Para Rafael Fialho, a união na igreja também era prioridade. “Eu escolhi casar no Altar da Universal porque foi nele que cheguei com a minha vida totalmente destruída e tive o meu encontro com Deus. Namoramos, noivamos e nos casamos em apenas um ano e três meses. Foi e será para sempre um dia inesquecível na minha vida”, conta o pastor.

O momento mais marcante para ambos foi a cerimônia celebrada pelo pai de Amanda, o bispo Francisco. “Isso tornou o momento ainda mais especial, jamais esquecerei. Encontrar alguém como o Rafael só seria realmente possível no Altar, pois ele é o melhor de Deus para mim”, se orgulha a jovem.

Valorização do Altar
Para o bispo Domingos e sua esposa, Núbia Siqueira (Foto ao lado), casados há 24 anos, apresentar a união na igreja significa seguir os princípios da fé. “Valorizar o Altar foi o grande segredo dos patriarcas e de homens de fé do passado. Sendo assim, ele torna-se o lugar ideal para começar esta nova caminhada de vida”, diz.

Núbia conta que não se esquece do que foi dito na cerimônia. “O celebrante, pastor Ronaldo, pregou sobre Efésios 5.22 e mostrou o relacionamento de Cristo com Sua Igreja. Ele disse que da mesma forma deveríamos nos manter ligados em fidelidade cuidando um do outro”, afirma Núbia.

Para eles, o casamento no civil tem importância nos termos legais, pois preza pela proteção dos direitos dos cônjuges, mas, para fundamentar uma união que deve ser para toda a vida, é necessário priorizar a bênção espiritual. “E não há lugar melhor para que isso ocorra do que na Igreja. Nenhum salão de festa, por mais bonito que seja, substituirá a santidade do ambiente que há nela”, conclui o bispo Domingos.

O bispo Márcio Carotti e sua esposa, Danielle (Foto ao lado), casados há 19 anos, também comentam o tema. “Tudo de bom começa no Altar, quando a criança nasce é apresentada no Altar, mas quando morre não; o casamento pode ser apresentado no Altar, mas o divórcio não”, afirma o bispo Márcio.

Para o bispo Adilson Silva, de 44 anos, e Rosana, de 43 anos, que estão casados há 20 anos, a bênção que receberam os acompanhará por toda a vida. “Não fomos ao Altar apenas para atender uma exigência, mas sim pela nossa fé”, explica o bispo. Rosana completa: “Para mim, quando o pastor nos abençoou, nos declarando marido e mulher, selou a aliança e o compromisso que estávamos fazendo naquele momento.”

Como se casar na Universal?
O Setor de Casamentos da Universal existe para auxiliar aqueles que desejam realizar seu casamento na igreja, assim como tirar dúvidas. Basta procurar o departamento do seu Estado ou entrar em contato pelo e-mail setorcasamentos@sp.universal.org.br. Ou telefonar para (11) 5644-012/5163.

ler mais
Reportar erro

comentários

Carregar mais

Comunicar Erro

Comunique à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente