eb3c52f78ce3362254213324871c7984 A guerra contra o seu maior inimigo - Universal.org

A guerra contra o seu maior inimigo

Por Michele Francisco/ Foto: Fotolia

Quantas metas e objetivos você já traçou? Mas quantas de fato você já realizou ou colocou em prática? Isso acontece porque muitas mulheres têm deixado o seu maior inimigo vencer. Sim, você tem um adversário e tem que enfrentá-lo todos os dias.

Às vezes, o médico já a orientou a cuidar melhor de sua saúde, fazer atividades físicas, mas você insiste em ignorar o que ele disse. Talvez o problema não seja com a sua saúde, mas tenha algo na vida profissional, no relacionamento, em sua família, ou com as suas finanças, que não anda bem e você finge não notar.

Por achar complicado de resolver, por preguiça, desânimo, ou até mesmo por falta de coragem para enfrentar as questões a serem resolvidas, você vive uma vida estagnada.

Para a escritora Aline Munhoz, essa batalha contra o próprio “eu” é uma das mais difíceis de ser encarada. “Sem dúvida nenhuma, ele é o nosso maior inimigo, pois sempre está entre o nosso querer e o que é certo fazer. É uma luta constante, todo dia, toda hora e a cada minuto. E a pergunta é: 'Como posso vencer algo que está tão impregnado em mim? Como vencer algo que é parte de quem eu sou? Como vou conseguir falar não para mim mesma?'”, conta.

A resposta é clara quando a mulher define um objetivo. “É possível negar-se a si mesma quando temos o objetivo de agradar e seguir a Deus. Afinal, Ele não nos pediria para fazer algo que não fosse possível. E assim é com tudo na vida, se temos um objetivo, teremos força para vencer o nosso “eu” e fazer o que tem que ser feito”, ressalta Aline.

Ela ilustra como essas situações surgem no dia a dia das mulheres. “Um exemplo é o emagrecimento. Se você quer apenas perder peso, mas isso não é algo que realmente a incomoda, não é uma meta que você deseja tanto alcançar, duvido que terá coragem de dizer não às guloseimas que são colocadas à sua frente. Você irá sempre adiar sua mudança, ou sua perda de peso. Isso porque o que você tem é um desejo de estar mais magra e não o objetivo firmado de emagrecer”, diz.

Quando se está determinada, o esforço e a persistência fazem parte do objetivo. E, para cumprir o que for necessário para nossa vida, nem sempre é preciso deixar o sentimento de lado e dar ouvidos à razão. “A força de Deus não vem de sentir vontade, mas ela vem da disposição em querer obedecer apesar do que se sente”, conclui.

ler mais
Reportar erro

comentários

Carregar mais

Comunicar Erro

Comunique à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente

Expediente

Editora Executiva:

Cinthia Meibach

Coordenadora de Conteúdo Web:

Ivonete Soares

Repórteres:

Andre Batista, Daniel Cruz, Débora Picelli, Jeane Vidal, Michele Roza, Rafaela Dias, Rafaella Rizzo, Sabrina Marques



E-mail para Contato: redacao@sp.universal.org.br

Telefone: (11) 2392-3372

Endereço: Rua João Boemer, 254 - Brás, São Paulo

Cep: 03018-000