eb3c52f78ce3362254213324871c7984 A chegada da Universal na Itália - Universal.org

A chegada da Universal na Itália

Por Débora Picelli/ Foto: Cedida

A Universal chegou à Itália há 25 anos, mais precisamente no ano de 1993. Na época, por falta de infraestrutura, os encontros de oração eram realizados em cinemas. Após muita luta e sacrifícios, o grande avanço: a abertura do primeiro templo no país, em fevereiro de 1994, na zona de Tor Pignattara, em Roma, capital italiana.

Ao longo dos anos, milhares de pessoas já encontraram a Salvação. Atualmente, além de Roma, existem outras Igrejas espalhadas pelo país: Milão, Torino, Nápoles e Florença são algumas das cidades em que a Universal abriu suas portas. Além dos templos, o trabalho evangelístico conta com o apoio de 6 núcleos de oração (locais onde não há Igrejas), nos quais são realizados encontros semanais ou, dependendo do caso, a cada 15 dias.

As dificuldades

Há 8 anos, o trabalho evangelístico no país está sob a responsabilidade do Bispo Wagner Simões. Segundo o Bispo, o primeiro obstáculo encontrado com a chegada da Universal na Itália foi o idioma. “Existem também as adversidades burocráticas do país que, por vezes, atrapalham muito a abertura de novas Igrejas.”

O Bispo conta ainda sobre a dificuldade que alguns nativos têm de assimilar o que a fé em Deus pode proporcionar em suas vidas. “Infelizmente, muitos aqui crescem desacreditados da existência de Deus. Isso gera uma barreira que só conseguimos quebrar com a direção do Espírito Santo, perseverança e oração”, enfatiza.

Durante todos esses anos em que a Universal leva a Palavra de Deus aos mais aflitos e necessitados, o que mais marcou o Bispo, segundo conta, foi o fato de a Igreja ser muito perseguida, mas isso nunca foi um empecilho para que a Obra fosse levada a todos os lugares. “É um privilégio poder levar a Palavra de Deus em cada canto deste mundo, pois, embora seja um país diferente, a fé e a crença são as mesmas: em Deus. As dificuldades são muitas, mas nenhuma delas é o bastante para nos fazer parar. Deus nos escolheu”, afirmou o Bispo.

Apesar de tudo, o trabalho evangelístico tem sido desenvolvido em todos os sentidos. O Bispo conta que muitos que vivem na Itália, por terem uma certa estabilidade econômica, se “enchem do físico”, porém são infelizes, doentes na alma e, por vezes, no corpo. Por isso, demoram a aceitar que precisam de ajuda, mesmo tendo aparentemente tudo. “Mas quando se entregam é muito lindo, pois acontece a mudança, a transformação de vida. A pessoa se torna o próprio testemunho de Jesus”, comenta ele.

Amor ao próximo

Frequentemente, ações em prol dos necessitados são realizadas em todas as regiões. Em noites geladas de inverno, por exemplo, voluntários do grupo “Anjos da Noite” saem distribuindo alimentos e agasalhos pelas ruas.

E o trabalho não para por aí. Duas vezes ao ano, jovens e outros colaboradores participam também das campanhas de doação de sangue, que visam beneficiar os bancos de sangue dos hospitais locais. Além disso, a Universal também realiza visitas em presídios do país.

Pronto socorro espiritual

Na Itália, as reuniões acontecem diariamente, de segunda a domingo, às 10h, 16h e 20 horas, sempre no idioma local.

ler mais
Reportar erro

comentários

Carregar mais

Comunicar Erro

Comunique à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente

Expediente

Editora Executiva:

Cinthia Meibach

Coordenadora de Conteúdo Web:

Ivonete Soares

Repórteres:

Andre Batista, Daniel Cruz, Débora Picelli, Jeane Vidal, Michele Roza, Rafaela Dias, Rafaella Rizzo, Sabrina Marques



E-mail para Contato: redacao@sp.universal.org.br

Telefone: (11) 2392-3372

Endereço: Rua João Boemer, 254 - Brás, São Paulo

Cep: 03018-000