7 motivos pelos quais devo perdoar

Por Bispo Júlio Freitas / Fotos: Fotolia

Antes de conhecer os sete motivos, pense primeiro na resposta para a seguinte pergunta: qual é a única doença que Deus não pode curar?

Jesus restaurou a visão aos cegos, a audição aos surdos, fez os mudos falarem, paralíticos andarem, leprosos foram purificados e mortos foram ressuscitados. Entretanto, há uma doença que Ele nunca curou e jamais curará: a mágoa.

A única pessoa capaz de curar este câncer da Alma é a própria pessoa. Como? Perdoando os que lhe ofenderam e a si mesmo. E por que devo perdoar a quem me ofendeu?

Faça um bem a si mesmo

Quem perdoa se sente bem consigo mesmo, fica com a autoestima elevada e com a autoconfiança fortalecida.

“Deus ofereceu Cristo como sacrifício para que, pela Sua morte na Cruz, Cristo se tornasse o meio de as pessoas receberem o Perdão dos seus pecados, pela fé nEle. Deus quis mostrar com isso que Ele é Justo.” (Romanos 3.25).

Perdoe para ser perdoado

Quando você perdoa, você também é perdoado por Deus. Todos nós pecamos e carecemos do Perdão Divino. Somente somos Perdoados por Deus quando perdoarmos os que nos ofenderam. Os nossos pecados para com Deus foram e são mais graves do que os pecados, ofensas e erros que os outros cometeram contra nós.

“Porque, se perdoardes aos homens as suas ofensas, também vosso Pai Celestial vos Perdoará a vós; Se, porém, não perdoardes aos homens as suas ofensas, também vosso Pai vos não perdoará as vossas ofensas.” (Mateus 6.14-15).

Seja misericordioso

Quem perdoa está sendo misericordioso. Isso trará a misericórdia e ser misericordioso é ser humilde, forte e racional. Não é ser bobo. Quem guarda mágoas é orgulhoso, fraco e sentimental.

“Porém Tu, ó Deus Perdoador, Clemente e Misericordioso, tardio em irar-Te e Grande em Bondade, Tu não os desamparaste.” (Neemias 9.17).

O que fazer?

Como faço para perdoar se não sinto vontade? Diga na sua mente: “eu posso lhe perdoar, porque quem manda na minha vida é a fé consciente e não o coração emocional.” Peça a Deus por essa pessoa, para que Ele possa perdoá-la.

“Suportai-vos uns aos outros, perdoai-vos mutuamente, caso alguém tenha queixa contra outrem. Assim como o Senhor nos perdoou, assim também perdoai vós.” (Colossenses 3.13).

Desapegue

Na Bíblia, a palavra “perdão” traduzida do grego quer dizer, literalmente, “abrir mão, deixar ir embora”. Portanto, não posso dizer que perdoei alguém e continuar lembrando dos erros cometidos. Na cruz, sofrendo a maior de todas as injustiças, o Senhor Jesus orava, dizendo: “Pai perdoa-

lhes porque não sabem o que fazem.” (Lucas 23.43).

Um mandamento

Perdoar é um mandamento da Palavra de Deus. Não é um sentimento, nem depende de nossa vontade ou emoção, pois, está escrito: “sede uns para com os outros benignos, compassivos, perdoando-vos uns aos outros, como também Deus, em Cristo, vos Perdoou.” (Efésios 4.32).

Ser aceito

Quando perdoo os meus ofensores, Deus aceita as minhas ofertas. A nossa vida é um reflexo do que oferecemos para Deus. Se as nossas ofertas são reprovadas, então, a nossa vida é frustrada. A principal oferta começa no nosso íntimo, por meio da humildade que reconhece a nossa imperfeição, perdoando os que nos ofenderam.

Portanto, se você estiver apresentando sua oferta diante do Altar e ali se lembrar de que seu irmão tem algo contra você, vá reconciliar-se com seu irmão depois volte e apresente sua oferta (Mateus 5.21-24).

ler mais
Reportar erro

comentários

Carregar mais

Comunicar Erro

Comunique à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente