4 atitudes que provocam o agir de Deus em sua vida

Por Jeane Vidal / Foto: Thinkstock

Há momentos e situações que temos de enfrentar na nossa vida que realmente não sabemos como agir ou o que fazer.

O bispo João Leite, contudo, ensina que a Palavra de Deus nos dá uma direção também a esse respeito. Por meio do exemplo de Pedro, quando foi levada à prisão (leia Atos 12:1-7), a Bíblia nos mostra que mesmo diante de situações que parecem não ter saída, existem quatro coisas que podemos e devemos fazer para provocar o agir de Deus em nosso favor:

1 – Confiar em Deus

Pedro confiou em Deus. “Se Pedro não confiasse, de fato, na promessa de Deus estaria dentro do cárcere murmurando, questionando porque Deus permitiu que fosse preso”, argumenta o bispo. Mas, em vez disso, ele dormia.

"A Bíblia não diz que Pedro estava preso, mas que estava guardado no cárcere”, destaca o bispo. “Deus permitiu que Pedro fosse preso pelas autoridades porque se aquela prisão não tivesse acontecido certamente ele teria sido apedrejado pela multidão que estava lá fora. Aquela prisão, na verdade, foi uma providência divina. Deus estava guardando Pedro”, explica o bispo.

Muitas vezes Deus permite que algo aparentemente ruim aconteça, para nos guardar. Quando você murmura, mostra sua falta de confiança em Deus, que você na verdade não crê que Ele está no controle de sua vida. Se algo não deu certo, é porque Deus viu que aquilo seria um problema para você amanhã. Lembre-se: Pedro não estava preso, ele estava guardado. Portanto, confie sempre”, aconselha o bispo.

2- Orar sem cessar

Enquanto Pedro estava na prisão, a igreja permanecia em constante oração em favor dele. “Não é orar simplesmente. A Bíblia diz que havia oração incessante. A nossa força está na oração. É isso que tem faltado em muitos. O cálice da oração ainda não transbordou. E só há resposta quando o cálice transborda”, ressalta o bispo.

Pedi, e dar-se-vos-á; buscai, e encontrareis; batei, e abrir-se-vos-á. Porque, aquele que pede, recebe; e, o que busca, encontra; e, ao que bate, abrir-se-lhe-á. Mateus 7.7,8

3 - Ter Paz com Deus

Mesmo sabendo que estava prestes a morrer, Pedro estava dormindo na prisão. Qualquer pessoa no lugar dele estaria desesperado, aflito. Ele já tinha sido açoitado, maltratado, mas mesmo assim tinha paz.

Lançando sobre Ele toda a vossa ansiedade, porque ele tem cuidado de vós. 1 Pedro 5.7

Não importa a situação que você esteja passando, creia que Deus está cuidando de você. Aprenda a descansar em Deus. “É muito fácil confiar em Deus quando as coisas estão favoráveis. Deus quer que confiemos na Sua Palavra exatamente nos momentos de dificuldade. O que está dentro de nós é muito mais forte do que o que está fora. O cristão verdadeiro tem paz mesmo diante das guerras”, ressalta o bispo.

4 – Tomar atitude

Quando Deus vê essa qualidade de fé em nós, sempre envia alguém para mostrar a saída e mudar a situação.

O bispo explica que, quando o anjo apareceu, Pedro despertou, mas, mesmo acordado, continuou parado. Somente quando o anjo lhe tocou e ordenou que levantasse é que Pedro se levantou e, em seguida, as correntes de suas mãos se soltaram.

Ou seja, não adianta fazer tudo que foi mencionado nos itens anteriores se não houver atitude por parte da pessoa. É o que falta em muitos cristãos. Sem atitude não há resposta da parte de Deus. Não espere por ninguém. Levante-se e aja, e assim como Pedro, você verá o livramento de Deus na sua vida.

Para desenvolver essa qualidade de fé e confiança em Deus, participe da “Noite da Salvação”, todas as quartas-feiras, às 20h, no Templo de Salomão ou em uma Universal mais próxima de você. Consulte aqui os endereços.

ler mais
Reportar erro

comentários

Carregar mais

Comunicar Erro

Comunique à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente