Rede aleluia

Godllywood – Raabe | 7 de novembro de 2015 - 01:05


Por que o Lenço Vermelho?

cris

Idealizadora do Projeto Raabe, Cristiane Cardoso

O que existe de tão especial sobre o lenço vermelho? Tudo começou com a incrível história de Raabe, uma prostituta em uma cidade pagã, que cultuava deuses da imoralidade sexual. Provavelmente ela foi forçada à escravidão sexual desde criança, por causa da sua cultura. Ela amava sua família, e provavelmente foi a única a sustentá-los. Ela era dona de um bordel nas muralhas da cidade de Jericó e apesar de ser conhecida pelo rei e pelas autoridades da cidade, ela não tinha amor nem lealdade por eles. Ela desejava ter uma vida melhor, e quando ela viu a oportunidade de tê-la, ela arriscou tudo para encontrá-la.

Ela estava pronta para abandonar seu passado, sua casa, sua cultura, sua segurança financeira, seus bens, até sua vida, e ousou acreditar que ela poderia ser permitida a seguir o verdadeiro Deus e se tornar pura e nova.
Foi em um momento crucial que Raabe pediu aos espias Israelitas para pouparem sua vida e sua família. Por causa da sua fé audaciosa de arriscar tudo, eles prometeram que nenhum mal chegaria à sua casa ou qualquer um que estivesse nela, contanto que ela amarrasse uma fita escarlate na sua janela que dava para a muralha da cidade. Ela fez, e milagrosamente, sua casa foi a única parte da muralha que não foi totalmente destruída durante o ataque dos Israelitas em Jericó, e ela e sua família foram bem vindos para tornarem-se parte de uma nova nação, e começarem uma nova vida. (Essa história pode ser encontrada em Josué 2)
Esse lenço vermelho do Projeto Raabe é um lembrete da fé audaciosa de uma mulher abusada que acreditou em uma nova vida, tanto quanto o marco da proteção sobrenatural de Deus sobre ela, que permaneceu com ela e seus decentes durante muitas gerações.
Nós do Projeto Raabe acreditamos nessa marca da proteção. Nós praticamos e ensinamos o mesmo tipo de fé audaciosa, que qualquer tipo de dor, abuso ou degradação de uma mulher pode ser completamente removido e curado. Nós usamos o lenço vermelho conscientes dessa fé, e certas dessa proteção.

Texto por Evelyn Higginbotham



reportar erro