Rede aleluia
De mãe para mãe: render graças
São Paulo
Centro-Oeste
Distrito Federal
Brasília
Goiás
AnápolisGoiânia
Mato Grosso
Cuiabá
Mato Grosso do Sul
Campo Grande
Nordeste
Alagoas
Maceió
Bahia
Feira de SantanaIlhéusItabunaSalvador
Ceará
Fortaleza
Maranhão
São Luís
Paraíba
João Pessoa
Pernambuco
Recife
Piauí
Teresina
Rio Grande do Norte
Natal
Sergipe
Aracaju
Norte
Acre
Rio Branco
Amapá
Macapá
Amazonas
Manaus
Pará
Belém
Rondônia
Porto Velho
Roraima
Boa Vista
Tocantins
Palmas
Sudeste
Espírito Santo
Vitória
Minas Gerais
Belo HorizonteJuiz de ForaUberlândia
Rio de Janeiro
Angra dos ReisBarra MansaCabo FrioCampos dos GoytacazesMacaéRio de JaneiroVolta Redonda
São Paulo
AraçatubaAraraquaraBauruCampinasCatanduvaFrancaJaúJundiaíLimeiraMaríliaPiracicabaPraia GrandePresidente PrudenteRibeirão PretoSantosSão CarlosSão João da Boa VistaSão José do Rio PretoSão José dos CamposSão PauloSorocabaTaubatéVotuporanga
Sul
Paraná
CascavelCuritibaFoz do IguaçuLondrinaMaringáPonta Grossa
Rio Grande do Sul
PelotasPorto AlegreRio GrandeSanta Maria
Santa Catarina
BlumenauCriciúmaFlorianópolis

Godllywood - Girls | 28 de julho de 2020 - 00:00


De mãe para mãe: render graças

De mãe para mãe: render graças

“Como é bom render graças ao Senhor e cantar louvores ao teu nome, ó Altíssimo, anunciar de manhã o teu amor leal e de noite a tua fidelidade”… Salmos 92:1 e 2
Querida mãe,

você conhece alguma pessoa que não sabe ser grata, que não sabe ter consideração com quem lhe faz bem?

Então, vamos analisar como é essa relação com Deus.

Você tem sido grata a Deus, por cada amanhecer, pela vida, pela saúde e pela esperança de mais um dia?

Agradece a refeição que Ele tem colocado na mesa? Agradece no final do dia, pois certamente Ele a livrou de muitas coisas más, e aos seus entes queridos também?

Enfim, você tem tido apreciação por tudo que Ele representa na sua vida?

Pois é, e aí você exige tudo isso de seus filhos, só quer receber gratidão, consideração, respeito, mas você mesmo não pratica, e quem não dá não recebe, lei de Deus, lei da vida…

Que tal começar dando a Deus toda a sua vida e consideração e depois dar aos filhos o carinho e a atenção que eles estão precisando?

Estamos vivendo dias difíceis, diferentes e os filhos custam a entender isso, é preciso paciência, mansidão e sendo assim reina a paz dentro do lar.

Pare e pense, que tal praticar?

Deus abençoe sua família.


De mãe para mãe: render graças
  • Eliana Urbaneja 


reportar erro