Rede aleluia
De mãe para mãe: o sono da morte
São Paulo
Centro-Oeste
Distrito Federal
Brasília
Goiás
AnápolisGoiânia
Mato Grosso
Cuiabá
Mato Grosso do Sul
Campo Grande
Nordeste
Alagoas
Maceió
Bahia
Feira de SantanaIlhéusItabunaSalvador
Ceará
Fortaleza
Maranhão
São Luís
Paraíba
João Pessoa
Pernambuco
Recife
Piauí
Teresina
Rio Grande do Norte
Natal
Sergipe
Aracaju
Norte
Acre
Rio Branco
Amapá
Macapá
Amazonas
Manaus
Pará
Belém
Rondônia
Porto Velho
Roraima
Boa Vista
Tocantins
Palmas
Sudeste
Espírito Santo
Vitória
Minas Gerais
Belo HorizonteJuiz de ForaUberlândia
Rio de Janeiro
Angra dos ReisBarra MansaCabo FrioCampos dos GoytacazesMacaéRio de JaneiroVolta Redonda
São Paulo
AraçatubaAraraquaraBauruCampinasCatanduvaFrancaJaúJundiaíLimeiraMaríliaPiracicabaPraia GrandePresidente PrudenteRibeirão PretoSantosSão CarlosSão João da Boa VistaSão José do Rio PretoSão José dos CamposSão PauloSorocabaTaubatéVotuporanga
Sul
Paraná
CascavelCuritibaFoz do IguaçuLondrinaMaringáPonta Grossa
Rio Grande do Sul
PelotasPorto AlegreRio GrandeSanta Maria
Santa Catarina
BlumenauCriciúmaFlorianópolis

Godllywood - Girls | 14 de janeiro de 2020 - 00:00


De mãe para mãe: o sono da morte

De mãe para mãe: o sono da morte

“Atenta para mim, responde-me, Senhor, Deus meu! Ilumina-me os olhos, para que eu não durma o sono da morte;” Salmos 13:3

Querida mãe, veja o que nos diz o salmista acima!

Quando se pede para Deus responder é porque estamos pedindo, estamos orando, falando com Ele.
E como é importante uma mãe colocar em primeiro lugar sua fé em Deus e a Ele confiar o seu lar.

Mas veja que mesmo buscando a Deus corremos o risco de perder a visão, perder a direção e fazer as coisas da nossa maneira. E sendo assim, é claro que tudo sai errado, tudo vira uma bagunça, uma desordem.

Quando isso acontece, você se cansa de falar e deixa que cada um faça o que quer.

Hoje em dia isso tem acontecido, e muito, as mães estão se cansando de falar e deixando tudo largado.

Mas isso acontece quando o sono da morte acontece na sua vida, ou seja sua palavra perde força, sua voz já não penetra nos ouvidos de seus filhos.

Não desanime mãe, seu papel é único, você é o pilar de sua casa, em você pesa essa responsabilidade.

Busque ânimo e disposição em Deus, você terá suas forças renovadas e Ele lhe dará a direção de como agir.

Seja o exemplo de fé e coragem no seu lar, vale a pena!

Deus abençoe sua família!


De mãe para mãe: o sono da morte
  • Eliana Urbaneja 


reportar erro