Internet, a varinha de Jacó de hoje

Por Bianca Carturani

Certamente você já ouviu alguém lhe dizer que os olhos são o espelho da alma, não é mesmo?

A Bíblia não fala exatamente assim, mas fala algo parecido:

Os olhos, na verdade, não são apenas uma forma de mostrar o que está dentro de alguém, mas é também uma maneira de coisas entrarem na alma desse alguém. E foi exatamente essa técnica usada por Jacó descrita em Gênesis 30:37-39:

“Então tomou Jacó varas verdes de álamo e de aveleira e de castanheiro, e descascou nelas riscas brancas, descobrindo a brancura que nas varas havia,
E pôs estas varas, que tinha descascado, em frente aos rebanhos, nos canos e nos bebedouros de água, aonde os rebanhos vinham beber, para que concebessem quando vinham beber.
E concebiam os rebanhos diante das varas, e as ovelhas davam crias listradas, salpicadas e malhadas.”

Entenderam agora? Os olhos não são exatamente um reflexo do que trazemos dentro, e, sim, a porta por onde tudo entra, desejos de comprar algo, atração por alguém, mudanças na aparência física, reprodução de vestuários (o tão famoso look), desejos, desejos e mais desejos… Tudo isso tem como passagem nossos olhos, o que você vê na vida do outro e que chama sua atenção, o que suas olhadas ao redor do mundo faz despertar no seu interior, o que acende dentro de você quando vê vídeos e fotos em redes sociais, e por aí vai… Tudo, absolutamente tudo que vemos entra em nós e, cedo ou tarde, daremos a luz àquilo que um dia penetrou nosso olhar.

Foi exatamente essa técnica que Jacó usou com as ovelhas do seu sogro Labão, ele precisava que as ovelhas brancas como neve dessem crias malhadas, pintadas, salpicadas e até listradas, ele precisava que aquelas ovelhas reproduzissem o que viam, ainda que não fosse exatamente igual, ele já estaria feliz, aqueles filhotes já pertenceriam a ele.

Você não precisa necessariamente fazer tudo de errado que vê por aí para que a estratégia do diabo tenha sucesso na sua vida, basta apenas fazer algo parecido, algo que vai salpicando sua alma, um pouquinho só.

Muitas pessoas dizem odiar a pedofilia e fazem cara de horror quando sabem que uma criancinha foi abusada, porém, muitos não sabem que quando assistem pornografia, entre aquelas pessoas se relacionando sexualmente, muitas vezes, existem menores de idade, crianças sendo usadas.

Nesse momento você se deixa salpicar, manchar, etc. E para o diabo você já é igual ao pedófilo, você já faz parte do rebanho dele e ponto.

A internet representa a varinha de hoje em dia, só que tal varinha não pertence a Jacó como na Bíblia Sagrada; lamentavelmente a internet é usada pelo mal e lá ele coloca diariamente todo tipo de sujeiras diretas e também as indiretas, que são aquelas coisinhas que não são pecado, aquelas coisas que a Bíblia não condena, sabe? (por que não existia, óbvio). É la na internet que você vai todo santo dia olhar, olhar e olhar.

Você olha enquanto come, olha enquanto bebe água, olha enquanto conversa, olha enquanto espera, olha quando vai dormir e, vergonhosamente, olha até quando está na igreja.

Cuidado com a varinha da internet, cuidado com tudo que Satanás tem colocado diante dos seus olhos DIARIAMENTE e, aos poucos, ela fará sua alma manchar e ela já não será pura, ou seja, a alma branca (pura) pertence ao Altíssimo e, assim como na história de Jacó, as pintadas, malhadas, salpicadas e manchadas já não poderão fazer parte do mesmo rebanho que as branquinhas; as manchadas terão outro dono, as almas manchadas pertencerão ao diabo.

Quer um conselho? Limite-se a usar a internet quando necessário, não use por prazer, isso poderá salvar sua alma!

ler mais
Reportar erro


Comunicar erro

Comunique à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

Internet, a varinha de Jacó de hoje

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente


Fake news

Você sabe de alguma notícia falsa que tem circulado na internet sobre a igreja Universal? Relate aqui o caso que iremos trazer toda a verdade no site Mitos e Verdades

Formulário de Denúncia

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente


Expediente

Editora Executiva:

Coordenadora de Conteúdo:

Repórteres:



E-mail para Contato:

Telefone:

Endereço

Cep:

Free WordPress Themes, Free Android Games