Até quando?

Por Nubia Siqueira / Foto: iStock

Falamos na semana anterior sobre a forma enfática e calorosa como a Sabedoria, personificada pelo Próprio Deus, tenta alcançar os seres humanos para que estes não venham sofrer.

O apelo Divino busca frear a ingenuidade, a tolice, a insensatez e outros males que tanto têm arrastado pessoas para o inferno.

“Até quando, ó simples, amareis a simplicidade? E vós escarnecedores, desejareis o escárnio? E vós insensatos, odiareis o conhecimento?” (Provérbios 1.22)

Vamos então descobrir quem é o simples, quem é o escarnecedor e quem é o insensato descritos neste texto.

Quem é o simples neste contexto?

O tolo, o imaturo, aquele que insiste em viver na ingenuidade, ignorando, assim, a guerra espiritual que há neste mundo. Você já ouviu falar daquelas pessoas que vivem a vida cristã, como se estivessem no “Fantástico mundo de Bob” ou em “Alice no País das Maravilhas”? Pois bem, os tolos pensam que podem levar a vida do seu jeito e que sempre haverá tempo para se arrependerem dos seus erros. Um ledo engano.

Quem é o escarnecedor?

Na galeria dos transgressores do livro de Provérbios, junto com os ímpios, os loucos, os adúlteros, os preguiçosos, figura também o escarnecedor. São pessoas até “inteligentes”, mas que usam a sua capacidade intelectual para afrontar a Deus. Com isso, zombam da Sabedoria, da disciplina e do que é justo. Chegam a distorcer o que é reto para influenciar outros a pensar como elas. E pior, fazem isso conscientemente, por isso, haverá juízo específico para este tipo de gente, veja:

“Preparados estão os juízos para os escarnecedores, e os açoites para as costas dos tolos.” (Provérbios 19.29) 

“Certamente Ele [Deus] escarnecerá dos escarnecedores, mas dará graça aos mansos.’’ (Provérbios 3.34)

Por último, quem é o insensato?

É aquela pessoa estúpida e teimosa. Ela não se interessa em aprender, pois seus olhos estão somente nas coisas superficiais e inúteis, nunca sobre o que é duradouro, permanente. Ela ama a estupidez e odeia conselhos, por isso faz um grande mal a si mesma.

O diabo trabalha com promessas ilusórias, fazendo todos os dias suas propostas ao ser humano, e esta é uma realidade que não pode ser ignorada. Se, por um lado, Deus tem a Sabedoria para a vida, Satanás tem suas loucuras para levar à morte. Se o Senhor Jesus liberta, dá paz e alegria, o pecado escraviza a alma, traz desassossego e dores.

No entanto, mesmo sabendo de tudo isso, há pessoas que continuam na prática do mal, ou seja, estão apegadas à tolice, aos escárnios e à insensatez. Parece que nas suas mentes já não penetra mais a lucidez espiritual para verem o mal que estão fazendo a si mesmas.

Espero que você, que agora lê este texto, não seja o tipo de pessoa que precisa sofrer para aprender ou de pagar para ver. Pelo contrário, se ao meditar nessas palavras você percebe que está errado, reconsidere suas ações, repense sua vida e atenda à repreensão de Deus, enquanto há tempo.

ler mais
Reportar erro

comentários

Comunicar erro

Comunique à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

Até quando?

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente


Fake news

Você sabe de alguma notícia falsa que tem circulado na internet sobre a igreja Universal? Relate aqui o caso que iremos trazer toda a verdade no site Mitos e Verdades

Formulário de Denúncia

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente


Expediente

Editora Executiva:

Coordenadora de Conteúdo:

Repórteres:



E-mail para Contato:

Telefone:

Endereço

Cep:

Free WordPress Themes, Free Android Games