Aos que lutam por alguém


Por Bianca Carturani / Fotos: Shutterstock

Depois do nosso encontro com Deus, logo nos vem uma imensa preocupação com nossos entes queridos. E tal preocupação se estende até mesmo aos parentes mais distantes, como também a meros desconhecidos.

Isso sem falar nos filhos, irmãos, esposo, esposa, pai, mãe etc. Essa parte da nossa família nos traz uma imensa angústia quando pensamos em suas almas e seus respectivos destinos. Isso realmente é capaz de produzir lágrimas em nossos olhos, e até nos leva a ter uma sensação de tristeza, que não sabemos de onde vem. Na verdade, isso é gerado pela preocupação intensa pela salvação de outras pessoas.

A questão é, isso não resolve, e nós também sabemos disso, não é? Confrontá-los? Nem pensar!

Então, o que devemos fazer diante de tamanha preocupação pela alma de pessoas que olhamos nos olhos, ouvimos a voz, sentimos seu cheiro e podemos abraçar apertado, às vezes, querendo passar o que temos para eles através desse abraço?

O que fazer com nosso olhar em direção a eles, quando estão distraídos, e nos questionamos, em nosso íntimo, por qual razão ainda não houve a conversão? Ou quando isso se tornará real e visível aos nossos olhos?

O que realmente temos que fazer? Ou como devemos nos comportar com familiares cujos pés correm para o abismo?

Vejamos o que nosso pai na fé aconselhou em Lucas 16:29:

“Respondeu Abraão: Eles têm Moisés e os Profetas; ouçam-nos.”

Em outras palavras, temos que crer no trabalho do Espírito Santo, através do Evangelho, através dos desconhecidos. E temos que clamar para que nossos familiares ouçam e sejam sensíveis à voz Divina. Até porque essa voz nem sempre vem através da boca de um ser humano. O Altíssimo Deus, definitivamente, sabe muito bem trabalhar sozinho. Veja o que Ele fez com Paulo, quando ainda era Saulo:

“… Eu estava viajando, já perto de Damasco, e era mais ou menos meio-dia. De repente, uma forte luz que vinha do céu brilhou em volta de mim. Eu caí no chão e ouvi uma voz que me dizia: Saulo, Saulo, por que você me persegue?” Atos 22:6

Ah, que alívio em saber que não é necessariamente através das nossas palavras ou insistência que Deus falará com nossos familiares!

Na conversão de Paulo, temos a prova de que o Espírito Santo é independente, Ele é capaz e suficiente para salvar, Ele não precisa de mim e nem de você, Ele dispensa a voz humana muitas vezes, para falar por Si só em alto e excelente som.

Esse é o segredo: deixar o Espírito de Deus fazer o trabalho dEle, mesmo que isso nos assuste. Pois, com Saulo foi necessário vir uma cegueira, uma enfermidade caiu sobre ele, para que depois da cura fosse possível o Próprio Deus habitar dentro dele.

Não se assuste quando algo aparentemente ruim acontecer com a pessoa que você tem lutado, antes, lembre-se que Saulo teve que ficar cego e cair do cavalo para se transformar em Paulo. E saiba que Deus não precisa usar ninguém, Ele usa porque quer, simples assim.

Nós não podemos estar com nossos familiares em todos os lugares. Se o seu filho (a) tranca a porta do quarto para lhe impedir de entrar, não fique triste, Deus não usa portas, Ele é onipresente.

Basta um toque do Espírito Santo para derreter qualquer coração de pedra.

Ore e confie que o seu Saulo breve será Paulo!

Amém.

ler mais
Reportar erro


Comunicar erro

Comunique à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

Aos que lutam por alguém

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente


Fake news

Você sabe de alguma notícia falsa que tem circulado na internet sobre a igreja Universal? Relate aqui o caso que iremos trazer toda a verdade no site Mitos e Verdades

Formulário de Denúncia

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente


Expediente

Editora Executiva:

Cinthia Meibach

Coordenadora de Conteúdo:

Ivonete Soares

Repórteres:

Andre Batista, Daniel Cruz, Débora Picelli, Jeane Vidal, Michele Roza, Rafaella Rizzo, Sabrina Marques, Rafaela Dias



E-mail para Contato: redacao@sp.universal.org.br

Telefone:(11) 2392-3372

Endereço Rua João Boemer, 254 - Brás, São Paulo

Cep: 03018-000

Free WordPress Themes, Free Android Games