Muitas mulheres são preguiçosas e (ainda) não se deram conta

Algumas irão se surpreender ao perceber que estão na lista


Por Flavia Francellino / Foto: Getty Images

Muitas mulheres desconhecem que são preguiçosas, porque trabalham e estudam ou porque não passam o dia largadas no sofá. O fato é que essa ideia superficial esconde a dimensão de um problema que ganha holofotes quando se examina a Palavra de Deus.

A Bíblia mostra várias faces da preguiça. Em Provérbio, 6.9, vemos que a pessoa preguiçosa dorme mais do que deve: “Ó preguiçoso, até quando ficarás deitado? Quando te levantarás do teu sono?”. Já em Provérbios, 26.13, é mostrado que ela é capaz de dar as mais variadas desculpas: “Diz o preguiçoso: Um leão está no caminho; um leão está nas ruas”.

Além disso, o preguiçoso dificulta a vida dos outros, uma vez que nem faz aquilo que é esperado: “Como o vinagre para os dentes e a fumaça para os olhos, assim é o preguiçoso para aqueles que o enviam” (Provérbios, 10.26). E até a falta de iniciativa revela uma indolência: “O preguiçoso morre de tanto desejar e de nunca pôr as mãos no trabalho” (Provérbios, 21.25).

Dentre tantas, a preguiça espiritual é a pior. Graças a ela, muitas mulheres se encontram passivas na fé, o que justifica a falta de postura arrojada para dizer “não” às más atitudes. Algo que também as amortece é a conivência com o pecado, já que sentem preguiça de confrontar o que é realmente preciso. Por se encontrarem em um estado de letargia espiritual, só percebem que estão mal com Deus quando é tarde demais. “A preguiça faz cair em profundo sono, e a alma indolente padecerá fome” (Provérbios, 19.15).

Banho de realidade
A estudante de pedagogia Caroline Bravo Torres, (foto abaixo) de 24 anos, descobriu que a procrastinação – gerada pela preguiça – era um empecilho.

“Deixava de estudar para ficar nas redes sociais. Também não era de arrumar a cama logo que acordava, pois pensava: ‘para que arrumar o que em breve será bagunçado?’ Lidava com a procrastinação da mesma forma que um viciado lida com o vício: pensava que era algo que poderia superar quando quisesse. Mas aquele pensamento de ‘já já eu faço’ se transformava em uma bola de neve e, às vezes, em avalanche, prejudicando não somente a mim, mas as pessoas ao meu redor. Percebi que estava pagando um preço muito caro para obter aquele alívio momentâneo”, observa.

Quando percebeu as más consequências, ela provocou uma mudança em seu comportamento. “Tive coragem e disposição de mudar a partir do momento em que comecei a passar vergonha devido ao meu desleixo e após receber o Espírito Santo. Ele Próprio me constrangia quanto ao zelo e temor que eu deveria empregar em tudo o que fazia, independentemente de ser para a Obra de Deus ou não. Me lembro de ouvir o Bispo Macedo dizer que ninguém realmente batizado no Espírito Santo é desorganizado, pois bagunça e Deus não combinam.”

O que fazer
Para combater a preguiça, é preciso reconhecê-la. Faça um planejamento diário e realista da rotina. Tenha iniciativas, em vez de esperar que, magicamente, a casa se ajeite sozinha ou que seus planos saiam do papel. Além disso, proponha a si mesma metas: imediatas e a curto, médio e longo prazos.

ler mais
Notícias relacionadas
Reportar erro

comentários

Comunicar erro

Comunique à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

Muitas mulheres são preguiçosas e (ainda) não se deram conta

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente


Fake news

Você sabe de alguma notícia falsa que tem circulado na internet sobre a igreja Universal? Relate aqui o caso que iremos trazer toda a verdade no site Mitos e Verdades

Formulário de Denúncia

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente


Expediente

Editora Executiva:

Cinthia Meibach

Coordenadora de Conteúdo:

Ivonete Soares

Repórteres:

Andre Batista, Daniel Cruz, Débora Picelli, Jeane Vidal, Michele Roza, Rafaella Rizzo, Sabrina Marques, Rafaela Dias



E-mail para Contato: redacao@sp.universal.org.br

Telefone:(11) 2392-3372

Endereço Rua João Boemer, 254 - Brás, São Paulo

Cep: 03018-000

Free WordPress Themes, Free Android Games