Brasileiros são os mais ansiosos do mundo

Esse distúrbio emocional é causado pelo medo excessivo do futuro. Entenda como acontece


Por Ana Carolina Cury / Fotos: Getty Images e Vinicius Gomes

Recentemente, a Organização Mundial da Saúde (OMS) trouxe à tona um dado preocupante: os brasileiros figuram no topo da lista quando o assunto é ansiedade, com o maior número de pessoas ansiosas do mundo. Segundo o estudo, 18,6 milhões – ou 9,3% da população – convivem com esse transtorno.

A psicóloga Michele Silveira explica que a ansiedade funciona como um sinal de alerta. “A ansiedade é uma reação do corpo diante do estresse. O brasileiro tem sido muito ansioso e fatores externos corroboram para isso, como instabilidade econômica, desemprego e exposição à violência”, detalha.

A psicóloga Monica Rauf Albaier reforça que essa preocupação excessiva pode afetar a saúde física e emocional. “A ansiedade reflete no corpo. A frequência cardíaca e a tensão muscular aumentam e a pessoa pode suar muito mais. Entre outras reações estão nervosismo, inquietação, insônia, dores no corpo, falta de ar e sensação de desmaio.”

Além desses sintomas, vários outros transtornos emocionais estão relacionados à ansiedade. “O que mais a gente vê é que a ansiedade pode evoluir para o obsessivo-compulsivo, à síndrome do pânico, às fobias sociais. Por isso, quando a ansiedade passa a paralisar e atrapalhar a vida da pessoa, está na hora de lutar para vencê-la”, observa Michele Silveira.

Atitudes precipitadas
A assistente financeira Renata Nascimento Silva, (foto abaixo) de 27 anos, fez parte dessa estatística. “Lembro que quando tinha uma festa para ir ou alguma prova, ficava com uma expectativa fora do comum, não dormia, ficava irritada, parecia que meu coração ia sair pela boca”, relata.

Ela conta que sentia ansiedade para deixar de morar com seus pais. “Como presenciei diversos problemas no casamento deles, minha ansiedade aflorou ainda mais. Tinha medo do meu pai chegar em casa e as brigas começarem, então, pensava que deveria arrumar logo um namorado para casar”, acrescenta.

Assim ela fez. Encontrou uma pessoa e saiu de casa. Mas essa relação não deu certo. “Fiquei muito mal. Tentei a todo custo reatar, mas não consegui. Cheguei a ficar sem comer, me isolava e não conseguia dormir. Por alguns momentos, pensei que a morte seria a melhor solução”, revela.

Renata frequentava a Universal, mas, por vivenciar todos esses dramas emocionais, entendeu que não havia tido um encontro verdadeiro com Deus. Então, ela começou a frequentar a Terapia do Amor. “Lá, aprendi que não poderia mudar os erros e ansiedades do passado, mas que dali em diante poderia fazer tudo diferente. Descobri o meu valor e aquele sentimento de sofrer com antecedência foi embora.”

Hoje, ela comemora: “Venci completamente a ansiedade. Confiei toda a minha vida no Altar de Deus e decidi esperar o tempo dEle para as coisas se concretizarem na minha vida. Hoje não estou em um relacionamento, mas estou curada, completa, pois tenho dentro de mim o maior tesouro que alguém pode receber: o Espírito Santo”, conclui.

Estrutura espiritual
Para o apresentador e palestrante Renato Cardoso, a ansiedade tem uma raiz: “o principal problema está dentro da pessoa, que é a falta da estrutura espiritual. Porque, quando você a tem, consegue lidar com o que está do lado de fora sem isso te afetar do lado de dentro”.

Ele cita uma passagem bíblica sobre a ocasião em que Jesus dormia no barco com os discípulos quando uma violenta tempestade caiu sobre o mar (Mateus, 8, 23-27): “o barco começou a balançar e eles ficaram com medo. Jesus, no meio da tempestade, estava dormindo.

Tudo que estava acontecendo ao redor dEle não afetava seu interior. Então, o Senhor acorda e diz ‘por que duvidaste, homem de pequena fé?’ E aí está a resposta porque as pessoas sofrem tanto com problemas emocionais”, constata.

Ou seja, a ansiedade nada mais é que a falta de fé. “Porque você não consegue esperar, não consegue ver que as coisas tem que tomar seus devidos passos até você tomar posse delas. E a fé é a certeza daquilo que se espera, mas não se vê. As pessoas precisam de cura interior para vencer a ansiedade”, conclui.

ler mais
Notícias relacionadas
Reportar erro

comentários

Comunicar erro

Comunique à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

Brasileiros são os mais ansiosos do mundo

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente


Fake news

Você sabe de alguma notícia falsa que tem circulado na internet sobre a igreja Universal? Relate aqui o caso que iremos trazer toda a verdade no site Mitos e Verdades

Formulário de Denúncia

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente


Expediente

Editora Executiva:

Cinthia Meibach

Coordenadora de Conteúdo:

Ivonete Soares

Repórteres:

Andre Batista, Daniel Cruz, Débora Picelli, Jeane Vidal, Michele Roza, Rafaella Rizzo, Sabrina Marques, Rafaela Dias



E-mail para Contato: redacao@sp.universal.org.br

Telefone:(11) 2392-3372

Endereço Rua João Boemer, 254 - Brás, São Paulo

Cep: 03018-000

Free WordPress Themes, Free Android Games