Reflexão: o que acontece quando o diabo solta o “cavalo”

Entenda como situações comuns no dia a dia podem gerar problemas graves


Por Núbia Onara / Foto: iStock

Conta-se que um demônio soltou um cavalo que estava preso em uma árvore. O cavalo, uma vez livre, invadiu o terreno do vizinho e começou a fazer um estrago na plantação.

A mulher do vizinho, quando viu o cavalo fazendo aquilo, pegou a arma do marido e matou o cavalo. O dono do cavalo soube do que tinha acontecido, não aceitou aquela situação e quis revidar: matou a mulher do vizinho.

O camponês, quando chegou do trabalho e viu a esposa morta, foi e matou o dono do cavalo. Então, quando os filhos do dono do cavalo chegaram em casa e viram o pai morto, atearam fogo na fazenda do vizinho. E aquilo se tornou uma guerra.

Alguém chegou para o demônio e perguntou: “O que você fez para que tudo isso acontecesse?”

E ele respondeu: “Eu apenas soltei o cavalo.”

Você pode, ao ler esta história, se perguntar: como uma coisa tão boba pode gerar uma tragédia dessas?

Mas, se pararmos para refletir, histórias semelhantes aparecem nos noticiários. É um motorista que recebe uma simples fechada no trânsito, discute com o outro motorista e a briga acaba em morte. É um mal-entendido entre vizinhos que acaba em agressão física.

Situações que terminaram de modo assustador. E quando os motivos foram avaliados, percebeu-se que eram insignificantes.

Há uma razão por trás disso.

A sujeira no coração

O Bispo Adilson Silva explica que quando o mal encontra uma pessoa com o coração repleto de ódio, carregado de mágoa e de espírito vingativo, ele não precisa fazer muita coisa, pois a própria pessoa acaba colaborando com ele para desencadear uma série de malefícios e até tragédias contra ela mesma e os outros.

O Senhor Jesus declarou que “o homem bom, do bom tesouro do seu coração tira o bem, e o homem mau, do mau tesouro do seu coração tira o mal” (Lucas 6.45).

O coração é a fonte motivacional para todas as atitudes do ser humano. Suas palavras e atitudes revelam o que trazem dentro de si.

Por isso, o Bispo ressalta a necessidade de não guardar no coração ressentimentos. “Trabalhe para que o seu coração esteja sempre limpo, livre de toda maldade. Fazendo aquilo que Jesus nos deixou como lição: “Bem-aventurados os limpos de coração porque eles verão a Deus”, finalizou o Bispo.

Então, esteja sempre atento ao que se passa no seu próprio coração. Mantenha ele limpo, porque para o diabo, basta apenas soltar o “cavalo”.

Participe de uma das reuniões na Universal, que acontecem diariamente e em diversos horários. Procure o endereço do templo mais perto de você, clicando aqui.

E não deixe de participar do “Jejum de Daniel para o avivamento do Espírito Santo”. O jejum se encerrará no dia 9 de junho, quando acontecerá o dia de Pentecostes com o derramamento do Espírito Santo, direto do Cenáculo de Jerusalém.

ler mais
Notícias relacionadas
Reportar erro

comentários

Comunicar erro

Comunique à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

Reflexão: o que acontece quando o diabo solta o “cavalo”

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente


Fake news

Você sabe de alguma notícia falsa que tem circulado na internet sobre a igreja Universal? Relate aqui o caso que iremos trazer toda a verdade no site Mitos e Verdades

Formulário de Denúncia

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente


Expediente

Editora Executiva:

Cinthia Meibach

Coordenadora de Conteúdo:

Ivonete Soares

Repórteres:

Andre Batista, Daniel Cruz, Débora Picelli, Jeane Vidal, Michele Roza, Rafaella Rizzo, Sabrina Marques, Rafaela Dias



E-mail para Contato: redacao@sp.universal.org.br

Telefone:(11) 2392-3372

Endereço Rua João Boemer, 254 - Brás, São Paulo

Cep: 03018-000

Free WordPress Themes, Free Android Games