O que fazer quando o parceiro não quer mudar?

Renato e Cristiane Cardoso abordaram o tema. Entenda melhor


Por Rafaela Dias / Foto: iStock

Nenhum relacionamento está imune aos conflitos. São duas pessoas diferentes, que possuem gostos e expectativas distintas. O problema, contudo, é que muitos casais não conversam sobre suas expectativas para o casamento.

Esse é o caso de uma aluna, que não deseja ser identificada. Ela enviou uma pergunta para Renato e Cristiane Cardoso, que responderam, recentemente, no programa “A Escola do Amor Responde”.

Confira a pergunta da aluna na íntegra e, em seguida, os conselhos dos professores. Você também pode ouvir o podcast, clicando aqui.

Aluna: Estou casada há nove meses. Durante esse tempo, já passamos por conflitos envolvendo egoísmo, orgulho e, muitas vezes, questões financeiras. Finança é um ponto crítico. Ele trabalha e eu também. Eu acho que o certo é que o dinheiro dos dois seja em conjunto, em prol da casa. Porém, ele ganha mais do que eu. Eu trabalho, mas não ganho tão bem assim. Eu não fico com um centavo para nada e, sempre que eu preciso de algo, ele fica me negando. Isso me deixa constrangida. Em contrapartida, ele gasta o dinheiro dele com peças de moto. Ele tem uma paixão por motos e gasta muito tempo vendo vídeos sobre o assunto. Eu penso que ele está valorizando as coisas erradas, mas ele não entende isso. 

Outra situação é a questão da pornografia. Peguei o celular dele, recentemente, e vi que ele está acessando conteúdo pornográfico. Questionei e ele simplesmente ficou com raiva, começou com um tom agressivo, dizendo que eu estava atrás de confusão e que eu merecia ser traída. 

Eu falei que ele me traiu em pensamento, porque a partir do momento que ele acessa esse tipo de conteúdo, já está praticando a traição. Desde esse dia, ele não fala mais comigo. Se estou em um quarto, ele vai para o outro. Eu continuo servindo, fazendo comida, mas essas coisas me fazem pensar que o nosso casamento não vai dar certo. Eu preciso da ajuda de vocês.

 O conselho

Renato: Com certeza ele não se apaixonou por motos depois de casado. Ele já era apaixonado por isso e você, provavelmente, não identificou que isso seria um problema. As pessoas têm que olhar muito bem o comportamento do parceiro antes de casar, pois ele não vai mudar depois do casamento, vai amplificar.

Cristiane: As pessoas têm que entender que o casamento é como uma viagem muito longa. Então, se você sabe que vai estar ao lado de uma pessoa por anos na viagem, tem que saber quem é essa pessoa. O que ela gosta, o que faz e como vai compartilhar a vida. São várias coisas que você tem que averiguar antes de entrar nessa viagem. Mas, as pessoas não fazem isso. 

Renato: Não é sobre “dinheiro” o que a aluna sente. O problema aqui é que as motos são mais importantes do que ela. Ela gasta todo o seu dinheiro com a família, enquanto ele gasta uma boa parte do que ganha com motos. As pessoas devem ver, antes de casar, algumas coisas como: o parceiro quer ter filhos? Quantos? Quando? Se a pessoa gosta de moto, como ela vê isso dentro do casamento? Essa conversa tem que acontecer antes de casar.

Sabe o que ele está fazendo? Está querendo dizer que você não vai mudá-lo e que você tem que aceitá-lo como ele é. E que se não aceitar, ele vai continuar te dando esse gelo. É isso que ele está fazendo na cabeça dele. Ele está pensando: “eu era assim antes de casar e agora você está tentando me mudar?” 

Como agir com o parceiro?

Renato: Primeiro, não dá para voltar atrás. Então, você tem que chegar agora e falar com ele. Mas, antes disso, você tem que estar preparada para seguir nesse casamento dessa forma ou não. Se você está convicta, chegue e fale que quer o melhor para os dois e que não quer um casamento nesse nível. Que precisa que ele faça concessões e que você também está disposta a fazer. Mas, que sua concessão não é permitir que ele assista pornografia e que isso é inegociável. Nem que ele estará liberado para gastar todo o dinheiro com motos, enquanto vocês têm problemas financeiros. Você tem que estar bem clara sobre suas condições e colocar isso para ele. Se ele se mantiver durão e em silêncio, você tem que falar que isso soa como se ele não se importasse, e que vai pegar suas coisas e ir embora. 

Cristiane: Ele, provavelmente, vai fazer isso, ou seja, testar você, porque não acredita que você vai embora. Então, você tem que estar disposta a ir até o fim. Se ele não aceitar, então, você terá que se retirar e não olhar para trás. 

Renato: O que não quer dizer que vai ser um divórcio e que é o fim do relacionamento. Você vai trazer o poder de volta para você, porque agora o poder está nas mãos dele. Vai dizer que não vai tolerar nem o comportamento, nem o silêncio que ele está lhe dando. E se ele quiser falar com você, terá de buscá-la na casa de seus pais. Porque isso vai expor a situação. Vai jogar no ventilador o que está acontecendo entre vocês.

 Tire suas dúvidas

Você também possui alguma dúvida sobre a vida de solteiro, casado ou viúvo? Envie sua pergunta aos professores Renato e Cristiane Cardoso, clicando aqui.

“Jejum de Daniel”

Entre os dias 19 de maio e 9 de junho, acontece o propósito “Jejum de Daniel” para o avivamento do Espírito Santo. O encerramento será no dia de Pentecostes com o derramamento do Espírito Santo, direto do Cenáculo de Jerusalém. Se você deseja esse avivamento espiritual, participe dos encontros que acontecem no Templo de Salomão ou em uma Universal mais próxima de sua casa.

ler mais
Notícias relacionadas
Reportar erro

comentários

Comunicar erro

Comunique à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

O que fazer quando o parceiro não quer mudar?

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente


Fake news

Você sabe de alguma notícia falsa que tem circulado na internet sobre a igreja Universal? Relate aqui o caso que iremos trazer toda a verdade no site Mitos e Verdades

Formulário de Denúncia

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente


Expediente

Editora Executiva:

Cinthia Meibach

Coordenadora de Conteúdo:

Ivonete Soares

Repórteres:

Andre Batista, Daniel Cruz, Débora Picelli, Jeane Vidal, Michele Roza, Rafaella Rizzo, Sabrina Marques, Rafaela Dias



E-mail para Contato: redacao@sp.universal.org.br

Telefone:(11) 2392-3372

Endereço Rua João Boemer, 254 - Brás, São Paulo

Cep: 03018-000

Free WordPress Themes, Free Android Games