Obesidade, colesterol e diabetes: saúde oferece mais riscos a caminhoneiro que estradas brasileiras

Programa social ajuda motoristas profissionais a viver melhor.


Por Unicom / Fotos: Cedidas

Cerca de 2 milhões de caminhoneiros circulam pelas estradas de todo o Brasil, segundo dados da Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT). Em sua maioria, os profissionais desta categoria levam uma vida sedentária, desgastante e estressante, hábitos que levam a uma série de problemas físicos e psicológicos, com prejuízos graves à saúde.

Para ajudar a reverter esse quadro, o programa social “Guardiões da Estrada” oferece gratuitamente aos motoristas aferição de pressão, teste de glicemia, oficinas de automassagem, entre outros serviços de saúde. Só no primeiro trimestre deste ano, mais de 20 mil caminhoneiros foram beneficiados.

Pesquisa realizada por uma concessionária de rodovia em São Paulo, mostrou que 30% dos caminhoneiros estão obesos, 35% apresentam colesterol alto e 37% possuem glicemia alta. A falta de sono também foi constatada: 25% enfrentam uma jornada de mais de 18 horas no trânsito.  A pesquisa revelou, ainda, que 33% ficam fora de casa cerca de 20 dias em um único mês e, para driblar o cansaço da profissão, 19% deles utilizam anfetaminas.

Na última sexta-feira (10), os voluntários do programa social realizaram diversas ações pelas rodovias do país, beneficiando cerca de 6 mil caminhoneiros. Em São Paulo, a ação aconteceu no Terminal de Cargas da Fernão Dias.

No evento, um profissional de massoterapia ensinou massagens básicas e alongamentos, que ajudam a cessar dores que podem atrapalhar na condução dos caminhões.

“A maioria deles leva uma vida sem atividade física, pela própria rotina corrida de trabalho. Sendo assim, sempre que possível, é importante fazer alongamentos de pernas, coluna e braços em cada parada. O alongamento reduz a tensão dos músculos e ainda ajuda a relaxar”, explicou o massoterapeuta Luiz Antônio de Souza.

Uma luz na escuridão

Segundo o responsável pelo programa social no Brasil, Rondineli Pedro da Silva, foi a primeira vez que os voluntários realizaram o evento no período da noite, o que facilitou atender o maior número de caminhoneiros que estacionaram para abastecer ou para dormir.

Ele ainda explicou que o local não tinha infraestrutura e nem iluminação para receber a ação, mas que isso não impediu os voluntários de prosseguirem com o evento. “Para nós, não importa o local. Nossa maior preocupação é atender os necessitados e fazer com que eles se sintam valorizados”, disse.

“Ali, atendemos um caminhoneiro que estava sem dormir há 40 horas. Imagine como estava o estado físico e psicológico deste profissional? Temos a missão de orientar a todos que participam dos nossos eventos sobre a importância de cuidar da saúde”, finalizou Rondineli.

Saiba mais sobre o programa social

O programa social Guardiões da Estrada foi criado em setembro de 2018 e conta com 2.800 voluntários. O objetivo do grupo é prestar assistência social aos profissionais que trabalham dirigindo pelas rodovias em todo o Brasil.

As ações sociais acontecem no segundo domingo de cada mês, ou em datas específicas, nos terminais de carga e postos de combustíveis.

São oferecidos gratuitamente serviços na área da Saúde, Beleza e assistência jurídica.

ler mais
Notícias relacionadas
Reportar erro

comentários

Comunicar erro

Comunique à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

Obesidade, colesterol e diabetes: saúde oferece mais riscos a caminhoneiro que estradas brasileiras

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente


Fake news

Você sabe de alguma notícia falsa que tem circulado na internet sobre a igreja Universal? Relate aqui o caso que iremos trazer toda a verdade no site Mitos e Verdades

Formulário de Denúncia

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente


Expediente

Editora Executiva:

Cinthia Meibach

Coordenadora de Conteúdo:

Ivonete Soares

Repórteres:

Andre Batista, Daniel Cruz, Débora Picelli, Jeane Vidal, Michele Roza, Rafaella Rizzo, Sabrina Marques, Rafaela Dias



E-mail para Contato: redacao@sp.universal.org.br

Telefone:(11) 2392-3372

Endereço Rua João Boemer, 254 - Brás, São Paulo

Cep: 03018-000

Free WordPress Themes, Free Android Games