Chip implantado na mão ganha mais aceitação pelo mundo

Um ano e meio após o implante, funcionários continuam apoiando o chip


Por Daniel Cruz / Foto: Reprodução

Em agosto de 2017, o Universal.org noticiou sobre a empresa americana Three Square Market que implantou chips em 50 funcionários.

O vídeo abaixo mostra como foi a recepção das pessoas ao chip, na época. Confira:

Bem aceito

Cerca de um ano e meio depois, o chip continua sendo muito popular entre aqueles que aceitaram implantá-lo. A principal justificativa é a sua praticidade.

“Simplesmente se tornou parte da minha rotina”, apontou Steve Kassekert, vice-presidente de finanças da empresa, em entrevista à The Technology Review.

A Three Square Market não foi a única a adotar o chip. Em abril do mesmo ano, uma empresa chamada Epicentre também aderiu à novidade.

Como é possível observar no vídeo acima, as aplicações do dispositivo eletrônico são várias. Nele podem ser guardadas informações sobre o portador. Como, por exemplo, dados para cadastros e até mesmo moedas virtuais.

O vídeo abaixo, por exemplo, divulgado por uma loja localizada na República Checa, na Europa, mostra como é feito o pagamento por meio de chip:

Um estudo do Fórum Econômico Mundial mostrou que, entre 2010 e 2015, o número de pagamentos feitos em dinheiro físico nas lojas da Suécia caiu de 39% para 20%. Inclusive, o país é um dos principais aderentes no mundo ao implante de chip.

Ou seja, cada vez mais as pessoas estão migrando para as transações financeiras virtuais.

O surgimento do anticristo

O livro bíblico de Apocalipse nos mostra que o fim deste mundo acontecerá quando surgir o anticristo. Ele recebe esse nome porque é o oposto do Senhor Jesus, portanto, ele estará a serviço do inferno (2 Tessalonicenses 2.3-4).

Porém, o anticristo não se apresentará para as pessoas com uma aparência diabólica. Pelo contrário, será um líder mundial que trará um discurso de paz e unificação dos povos (Apocalipse 6.1-2).

O mundo unificado

Para isso, com a ajuda do falso profeta, ele criará dois sistemas de controle. Um político-econômico (Apocalipse 13.1) e um religioso (Apocalipse 13.11-12).

Como ele será a própria encarnação do mal, é evidente que o sistema religioso servirá para afastar completamente as pessoas de Deus (Apocalipse 13.4).

Enquanto que o sistema político-econômico funcionará de uma maneira centralizada, onde todos os que aceitarem a sua marca estarão sob seu controle.

A marca da besta

Antes de tudo, a famosa “marca da besta” é citada no capítulo 13, entre os versículos 16 e 18, das Escrituras.

“E faz que a todos, pequenos e grandes, ricos e pobres, livres e servos, lhes seja posto um sinal na sua mão direita, ou nas suas testas, para que ninguém possa comprar ou vender, senão aquele que tiver o sinal, ou o nome da besta, ou o número do seu nome. Aqui há sabedoria. Aquele que tem entendimento, calcule o número da besta; porque é o número de um homem, e o seu número é seiscentos e sessenta e seis.” Apocalipse 13.16-18

Em outras palavras, para viver na “sociedade do futuro” as pessoas que aceitarem esse demônio em suas vidas, e todo o inferno que o acompanha, usarão a marca para ter acesso aos recursos.

A humanidade tem se distanciado de Deus

Pode ser que esse controle se dará por meio de um chip, como esse citado, por exemplo. As declarações dos usuários sobre a sua praticidade, mostram que as pessoas não terão problemas em aceitar a sua implantação nesse futuro descrito pela Bíblia.

Entretanto, o que importa saber é que a humanidade insiste em se distanciar da presença do Criador.

Por isso, é necessário que as pessoas se arrependam de seus erros o quanto antes e se reconciliem com Ele enquanto há tempo.

Sobre o tema, o Bispo Edir Macedo escreve no livro “Estudo do Apocalipse”: “Assim como João Batista preparou o caminho para a vinda do Salvador, o livro do Apocalipse prepara o caminho para o Senhor e Juiz Eterno, a Quem Deus deu toda a autoridade e poder, quer nos Céus, quer na Terra. Tudo está nas mãos do Senhor Jesus! Aquele que teme o inferno eterno, e está disposto a fazer qualquer sacrifício para evitá-lo, só tem um caminho: aceitar o Senhor Jesus como Salvador e viver na prática da Sua Palavra”.

Quer saber mais?

Se você deseja aprender mais sobre como será o fim deste mundo assista a série “Estudo do Apocalipse”, disponível no Univer Vídeo.

Há também um livro, de autoria do Bispo Macedo, sobre o tema.

Igualmente, confira os dois textos abaixo:

Parte 1 – 16 lições sobre o Estudo do Apocalipse

Parte 2 – Acompanhe as outras 8 lições sobre o Estudo do Apocalipse

ler mais
Notícias relacionadas
Reportar erro

comentários

Comunicar erro

Comunique à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

Chip implantado na mão ganha mais aceitação pelo mundo

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente


Fake news

Você sabe de alguma notícia falsa que tem circulado na internet sobre a igreja Universal? Relate aqui o caso que iremos trazer toda a verdade no site Mitos e Verdades

Formulário de Denúncia

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente


Expediente

Editora Executiva:

Cinthia Meibach

Coordenadora de Conteúdo:

Ivonete Soares

Repórteres:

Andre Batista, Daniel Cruz, Débora Picelli, Jeane Vidal, Michele Roza, Rafaella Rizzo, Sabrina Marques, Rafaela Dias



E-mail para Contato: redacao@sp.universal.org.br

Telefone:(11) 2392-3372

Endereço Rua João Boemer, 254 - Brás, São Paulo

Cep: 03018-000

Free WordPress Themes, Free Android Games