Prepare-se para a Verdadeira Páscoa


Por Redação / Foto: Fotolia

No próximo final de semana, celebramos a Páscoa. Você já refletiu sobre o verdadeiro sentido desta data?
Há cerca de 3.500 anos, Deus instituiu a Páscoa no Egito para marcar a libertação do povo de Israel da escravidão. A palavra vem do hebraico pessach, que significa “passagem” ou “passar por cima”. Naquela época, Deus falou aos hebreus, por meio de Moisés, que toda família deveria sacrificar um cordeiro e passar o sangue dele na porta de sua casa para que seus filho primogênito fosse poupado da morte provocada pelo “anjo destruidor”. Depois desse livramento, todas elas receberiam a oportunidade de uma nova vida (Êxodo 12).

Tempos depois, Deus enviou seu Filho, o Senhor Jesus, para ser esse Cordeiro. Seu plano era salvar todo o Seu povo das transgressões e dos pecados, desde o período em que Adão e Eva deram ouvidos à voz do diabo no Jardim do Éden. Jesus veio ao mundo para se tornar a Única Passagem, a Porta para a Salvação e a vida eterna.

Com pôde ser visto na novela Jesus, exibida pela Record TV, Jesus concedeu ao povo ensinamentos e milagres. Muitos creram nEle, enquanto outros zombavam de Suas palavras. Ele conhecia o sofrimento da humanidade e aceitou levá-lo com Ele, sacrificando a Sua vida, para que o plano Divino fosse cumprido. Ele derramou o Seu sangue como um cordeiro imolado. Tomou nossas enfermidades sobre si, carregando o peso delas sobre Seu corpo.

Antes de ser crucificado, foi desprezado, rejeitado, oprimido e humilhado por todos que não criam nEle. Recebeu a violência de homens brutais que não mediam esforços para agredi-Lo com socos no rosto, açoites de varas, chicotadas nas costas e flagelos que rasgavam a Sua carne.

“Mas Ele foi ferido por causa das nossas transgressões, e moído por causa das nossas iniquidades; o castigo que nos traz a paz estava sobre Ele, e pelas Suas pisaduras fomos sarados. Todos nós andávamos desgarrados como ovelhas; cada um se desviava pelo seu caminho; mas o Senhor fez cair sobre Ele a iniquidade de nós todos.” (Isaías 53.5-6).
É claro que o sofrimento foi grande para Jesus. Afinal, Ele estava em um corpo humano e vulnerável como o nosso.

Apesar de ser ferido por suportar os pecados que não eram dEle, nem sequer pensou em desistir nem falou nenhuma palavra. Ao contrário, Ele pagou um alto preço entregando a sua vida para que fôssemos perdoados. Na cruz, foram levados a imoralidade, o distanciamento espiritual e os pecados de todo o povo.

Por Ele ter sido crucificado, morto e ressuscitado, nós recebemos a oportunidade de encontrar o perdão e de ter uma nova vida preparada por Deus. Nossos problemas foram vencidos por Ele e, com isso, o diabo foi derrotado. Em razão disso, entendemos que Jesus não veio ao mundo para julgar ou condenar as pessoas, mas para conceder a elas uma chance de arrependimento de seus erros para que cheguem ao Reino dos Céus.

Graças à entrega dEle, a Páscoa de nossos dias promove a libertação total de nossas vidas. Deus está pronto para perdoar e ajudar o ser humano nas suas fraquezas. Além disso, na Sua Palavra há promessas que garantem que é possível ter maiores alegrias e honras do que em todo o período passado nas transgressões.

Portanto, não importa o que você fez. Jesus vive, hoje, para transformar a sua vida. Basta você se arrepender, se voltar para Ele e buscá-Lo.

Você acredita que sua vida e seus sonhos podem ressuscitar? Prepare-se para a Verdadeira Páscoa – o dia em que Jesus vai descer sobre sua vida, assim como no dia que ressuscitou, trazendo consigo uma nova história. Na Semana Santa, participe dos 3 Dias Santos: Sexta-Feira da Paixão – quando Jesus morre na cruz por amor; Sábado – Ele é sepultado e toma das mãos de satanás a chave da vitória; e Domingo de Páscoa – Ele ressuscita dentre os mortos e traz vida e a certeza de um novo rumo para todos. Esteja no Templo de Salomão, em São Paulo, ou em uma Universal mais próxima de você e testifique como esses dias ficarão marcados em sua vida.

ler mais
Notícias relacionadas
Reportar erro

comentários

Comunicar erro

Comunique à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

Prepare-se para a Verdadeira Páscoa

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente


Fake news

Você sabe de alguma notícia falsa que tem circulado na internet sobre a igreja Universal? Relate aqui o caso que iremos trazer toda a verdade no site Mitos e Verdades

Formulário de Denúncia

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente


Expediente

Editora Executiva:

Cinthia Meibach

Coordenadora de Conteúdo:

Ivonete Soares

Repórteres:

Andre Batista, Daniel Cruz, Débora Picelli, Jeane Vidal, Michele Roza, Rafaella Rizzo, Sabrina Marques, Rafaela Dias



E-mail para Contato: redacao@sp.universal.org.br

Telefone:(11) 2392-3372

Endereço Rua João Boemer, 254 - Brás, São Paulo

Cep: 03018-000

Free WordPress Themes, Free Android Games