Os humilhados serão exaltados. Será?

Bispo Renato Cardoso ensina o segredo para vencer as afrontas da vida e dar a volta por cima. Saiba como

Por Jeane Vidal / Foto: Istock

É comum ouvirmos a expressão: “os humilhados serão exaltados!

Normalmente a ouvimos de pessoas que estão enfrentando uma situação humilhante, na qual se sente diminuído e envergonhado e, como forma de autoconsolo, se apegam a esse argumento.

Baseiam-se nas palavras de Jesus em Mateus 23.12:

“E o que a si mesmo se exaltar será humilhado; e o que a si mesmo se humilhar será exaltado.”

No entanto, a interpretação do versículo está totalmente equivocada. Basta uma leitura atenta do versículo para verificar que em nenhum momento Jesus afirma que os humilhados serão exaltados, e sim que “o que a SI MESMO se humilhar será exaltado”

Humilhe-se somente para Deus

Veja que existe uma enorme diferença. Além disso, Ele está se referindo àqueles que se humilham diante de Deus, que reconhecem a própria insignificância e se colocam na dependência do Altíssimo. Quando fazem isso, o próprio Deus os exalta.

Mas, infelizmente muitas pessoas têm aceitado as humilhações impostas pelos problemas, pelas doenças, pela miséria. Têm tolerado as traições do marido, da esposa e suportado provocações do (a) amante. Tamanha é a humilhação, que andam cabisbaixas nas ruas para não ter que encarar os vizinhos, que sabem em que condições vivem.

Se colocam como vítimas, buscam a comiseração das pessoas, não se importam de se humilhar diante delas, mas resistem em dobrar os joelhos para falar com Deus. São orgulhosas, julgam-se autossuficientes e mesmo tendo chegado ao fundo do poço, não se dobram diante de Deus para buscar o Seu auxílio. Não querem se humilhar diante do Único que pode mudar as suas vidas.

Coloque-se na dependência de Deus

Durante o programa Inteligência e Fé, transmitido pela Record TV e pelo Facebook, o Bispo Renato Cardoso destacou que é preciso ser humilde e buscar a ajuda do Alto. É preciso reconhecer “que o seu problema está além de um problema social, de um problema humano, que sua raiz é espiritual, e recorrer a Deus para consertar a sua vida. Pela sua própria força você vai continuar tentando e vai continuar fracassando”.

Talvez você já tenha se humilhado param muitas pessoas em busca de auxílio e a única coisa que conseguiu foi despertar a compaixão delas. Mas, elas nada podem fazer por você.

Então, que tal se humilhar diante dAquele que tem o poder de mudar a sua história?

“Você quer dar a volta por cima? Se você não se humilhar pra Deus, a vida vai continuar te humilhando. Se você prefere continuar sendo humilhado pela vida, pelos problemas, então siga do jeito que está. Mas se você não quer mais humilhação, venha se humilhar diante da poderosa mão de Deus”, aconselhou o Bispo Renato.

O exemplo de Ezequias

A Bíblia relata a história do rei Ezequias quando foi afrontado e humilhado por Senaqueribe, rei da Assíria.

Ao ameaçar e ridicularizar o rei de Judá, Senaqueribe esperava intimidá-lo e amedrontá-lo. Mas a atitude de Ezequias diante das ameaças do rei da Assíria, não foi se humilhar diante dele, mas diante de Deus. Pois, ele sabia que o Senhor era o Único que podia livrá-lo das suas mãos.

Se você se julga sem fé para enfrentar as afrontas e humilhações impostas pelos “senaqueribes” da vida, participe de uma das reuniões na Universal. Elas acontecem diariamente e em diversos horários. Vá ao Templo de Salomão ou em Universal mais perto de você.

Você irá aprender mais sobre a fé – e a usá-la.  Somente assim será possível reconstruir a sua vida.

E se você não aguenta mais ser humilhado e quer se colocar na dependência de Deus, faça como Ezequias. Apresente no Altar de Deus sua carta de afronta.

Para saber como participar desse propósito especial acesse aqui.

ler mais
Reportar erro

comentários

Comunicar erro

Comunique à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

Os humilhados serão exaltados. Será?

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente


Fake news

Você sabe de alguma notícia falsa que tem circulado na internet sobre a igreja Universal? Relate aqui o caso que iremos trazer toda a verdade no site Mitos e Verdades

Formulário de Denúncia

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente


Expediente

Editora Executiva:

Cinthia Meibach

Coordenadora de Conteúdo:

Ivonete Soares

Repórteres:

Andre Batista, Daniel Cruz, Débora Picelli, Jeane Vidal, Michele Roza, Rafaella Rizzo, Sabrina Marques, Rafaela Dias



E-mail para Contato: redacao@sp.universal.org.br

Telefone:(11) 2392-3372

Endereço Rua João Boemer, 254 - Brás, São Paulo

Cep: 03018-000

Free WordPress Themes, Free Android Games