“Minha mãe atacava meu corpo, minha dieta e meu peso”, revela atriz de iCarly

Jennette McCurdy revela como sua mãe colaborou para que ela tivesse anorexia


Por Andre Batista / Imagens: Reprodução Facebook @iCarly

A atriz norte-americana Jennette McCurdy (iCarly), famosa por protagonizar filmes e seriados infantis, revelou ao jornal americano Huffington Post que sua mãe foi a principal colaboradora no desenvolvimento dos distúrbios alimentares que a acompanharam durante toda a infância e adolescência.

De acordo com Jennette, logo em sua estreia na televisão, aos 8 anos de idade, ficou claro que meninas magras teriam mais chances de estrelar seriados e filmes em Hollywood. Sua mãe pensava da mesma maneira e, junto com os profissionais da televisão, pressionavam-na para que se mantivesse no peso.

“Eu lembro do que sentia quando a minha mãe atacava o meu corpo, o meu peso e a minha dieta. Ela regularmente comparava o meu peso ao de outras meninas. Ela fazia porções de comida para mim, contava minhas calorias. Na época, ao invés de me incomodar com as sugestões, eu achava que ela estava me ajudando”, declarou a atriz.

Aos 11 anos de idade ela foi diagnosticada com anorexia. Posteriormente, Jennette conviveu com a doença durante toda a adolescência. Nesse período estrelou programas de grande sucesso no mundo inteiro, como o seriado infantil iCarly. Ela também conquistou papéis em “A Saga Crepúsculo: Amanhecer – Parte 1” e “A Era do Gelo 4”, entre outros filmes.

A doença traz problemas físicos e emocionais

iCarlyEmbora muitos não percebam, a anorexia traz muitos problemas emocionais, além dos problemas de saúde. Com efeito, a busca incessante pelo corpo perfeito faz com que o enfermo jamais esteja feliz consigo mesmo.

Era isso o que acontecia com Jennette. Apesar de comer pouco e fazer sucesso na televisão, ela seguia perturbada a respeito do próprio peso.

“Infelizmente, eu tinha uma companhia pronta para me ajudar com a anorexia crescente: a minha mãe”, afirmou ela. “Eu fazia exercícios obsessivamente, media a minha cintura toda noite antes de dormir.”

Aos 21 anos de idade, ela desenvolveu também bulimia:

“Na primeira vez que vomitei depois de comer, fiquei realmente empolgada. Era de verdade isso? Eu poderia comer qualquer coisa e logo depois vomitar e não sofrer as consequências de comer ou ganhar peso”, relembrou.

Hoje, aos 26 anos, ela ainda faz tratamentos contra os distúrbios alimentares que a acompanharam durante a maior parte de sua vida.

Grupo auxilia mulheres a se protegerem dos padrões de beleza

Assim como Jennette McCurdy, inúmeras outras estrelas da televisão e de Hollywood desenvolvem transtornos alimentares para se encaixarem em padrões de beleza fictícios.

“É impressionante como as mulheres, de modo geral, nunca estão satisfeitas com elas mesmas”, escreveu Cristiane Cardoso, criadora do grupo Godllywood. “Estão sempre em busca da aprovação de terceiros. Desejando alcançar um padrão de beleza totalmente diferente do que são naturalmente, deixam de valorizar e investir naquilo que as fazem diferentes, especiais e únicas”.

Nesse sentido, o Godlywood surgiu justamente para auxiliar as mulheres a se protegerem da influência nefasta de Hollywood, que dita padrões de beleza e de comportamento que nada têm a ver com uma vida real e saudável.

“As mulheres são influenciadas a se compararem com outras, e desafiadas a serem melhores do que as demais nos aspectos físicos. Na tentativa de se adequarem ao que a mídia dita em relação ao corpo, cabelo, pele, moda e comportamento, acabam perdendo a sua essência”, explica Cristiane.

E continuou: “As mulheres tendem a pensar que quem não se encaixa no padrão estabelecido não pode ser considerada bonita. E o que fazem, então? Normalmente, partem para um dos extremos: ou tornam-se escravas da mídia, focando no objetivo inatingível de estar perfeitamente na moda, ou entregam todas as fichas e desistem, de uma vez por todas, de fazer qualquer esforço em prol de sua beleza, ainda que seja mínimo”.

Se você também se sente pressionada pelos padrões estéticos ditados pela mídia, clique aqui e conheça melhor o grupo Godllywood.

ler mais
Notícias relacionadas
Reportar erro

comentários

Comunicar erro

Comunique à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

“Minha mãe atacava meu corpo, minha dieta e meu peso”, revela atriz de iCarly

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente


Fake news

Você sabe de alguma notícia falsa que tem circulado na internet sobre a igreja Universal? Relate aqui o caso que iremos trazer toda a verdade no site Mitos e Verdades

Formulário de Denúncia

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente


Expediente

Editora Executiva:

Cinthia Meibach

Coordenadora de Conteúdo:

Ivonete Soares

Repórteres:

Andre Batista, Daniel Cruz, Débora Picelli, Jeane Vidal, Michele Roza, Rafaella Rizzo, Sabrina Marques, Rafaela Dias



E-mail para Contato: redacao@sp.universal.org.br

Telefone:(11) 2392-3372

Endereço Rua João Boemer, 254 - Brás, São Paulo

Cep: 03018-000

Free WordPress Themes, Free Android Games