Lutador de UFC Conor McGregor é preso por roubar celular

Esse é mais um problema causado por sua raiva descontrolada


Por Andre Batista / Imagem: Reprodução Facebook @thenotoriousmma

O lutador irlandês Conor McGregor foi preso novamente. Dessa vez ele roubou o celular de um fã após se negar a tirar fotos. Ele foi detido no mesmo dia do ocorrido e precisou pagar fiança para ser solto no dia seguinte.

De acordo com o jornal norte-americano Miami Herald, Conor estava saindo da balada pertencente a um hotel quando foi abordado. Ao ver que o fã tinha um smartphone, o lutador deu um tapa na mão do rapaz e pisoteou o aparelho. Depois pegou o celular e o levou embora.

Conor McGregor foi preso em sua casa horas depois. O irlandês foi acusado de roubo e dano material. Isso fez com que sua fiança fosse fixada em 12.500 dólares (o equivalente a quase R$ 50 mil). Mas o prejuízo pode ser muito maior.

A carreira de Conor McGregor por um fio

O estudo anual da rede de TV por assinatura ESPN, que elege os 100 esportistas mais conhecidos da atualidade, foi divulgado no mesmo dia em que Conor McGregor atacou seu fã. Na pesquisa, o lutador aparece como o quinto atleta mais famoso do mundo. À frente dele estão apenas Cristiano Ronaldo, Messi e Neymar, considerados melhores jogadores de futebol do mundo, e LeBron James, melhor jogador de basquete há anos.

Infelizmente, porém, a fama de McGregor não é devido ao desempenho no esporte. Principalmente, porque ele é conhecido por brigas e ofensas. Sua fama cresceu em 2018, mesmo sem ele ter lutado profissionalmente.

Nesse ano, porém, ele se envolveu em muitas brigas. Ao atacar o fã, ainda não fazia uma semana que ele havia terminado de cumprir dias de serviço comunitário. A pena foi por ter invadido um estacionamento, quebrado um ônibus e tentado agredir outro esportista.

Respondendo a mais esse processo, é possível que o lutador seja impedido de voltar aos Estados Unidos. Isso atrapalharia muito sua carreira, já que a principal liga de sua modalidade, o UFC, é estadunidense. Ele também pode ser punido com prisão pelo roubo. Por sinal, a própria liga tem o histórico de punir atletas que se envolvem em problemas judiciais.

A raiva incontrolável do lutador pode custar muito caro.

A raiva que prejudica

Conor McGregor não é o único a deixar que a raiva prejudique sua imagem, sua carreira ou outros aspectos de sua vida. Em todo o mundo, milhares de pessoas se deixam levar pela ira e logo se arrependem.

“Raiva é uma energia poderosa. Você pode usá-la para revolucionar a sua vida ou para a sua autodestruição”, explica o escritor Renato Cardoso, criador do Projeto Intellimen, que auxilia os homens a melhorarem seu comportamento. “Eu conheço pessoas boas, muito talentosas, trabalhadoras, que destruíram suas vidas por causa de um momento de raiva descontrolada”.

De acordo com o escritor, é necessário aprender a controlar esse sentimento que pode ser tão destruidor. Em seu blog, Renato ressalta a seguinte passagem bíblica:

“Não te apresses no teu espírito a irar-te, porque a ira repousa no íntimo dos tolos.” Eclesiastes 7.9

Realmente é tolo aquele quem se deixa prejudicar pela raiva. Por isso, Renato orienta:

“NUNCA use-a para descontar nas outras pessoas. NUNCA para ferir os sentimentos dos outros. NUNCA faça algo que vá se arrepender depois. Por que você destruiria a si mesmo?”.

Para saber mais sobre o assunto clique aqui e leia o ensinamento completo de Renato Cardoso.

ler mais
Notícias relacionadas
Reportar erro

comentários

Comunicar erro

Comunique à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

Lutador de UFC Conor McGregor é preso por roubar celular

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente


Fake news

Você sabe de alguma notícia falsa que tem circulado na internet sobre a igreja Universal? Relate aqui o caso que iremos trazer toda a verdade no site Mitos e Verdades

Formulário de Denúncia

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente


Expediente

Editora Executiva:

Cinthia Meibach

Coordenadora de Conteúdo:

Ivonete Soares

Repórteres:

Andre Batista, Daniel Cruz, Débora Picelli, Jeane Vidal, Michele Roza, Rafaella Rizzo, Sabrina Marques, Rafaela Dias



E-mail para Contato: redacao@sp.universal.org.br

Telefone:(11) 2392-3372

Endereço Rua João Boemer, 254 - Brás, São Paulo

Cep: 03018-000

Free WordPress Themes, Free Android Games