É possível alguém cometer um crime por estar sob o domínio do mal?

Homem afirma que matou a esposa orientado por uma voz. Leia e saiba se isso é possível

Por Jeane Vidal / Foto: iStock

Recentemente, um homem confessou ter matado a esposa com 10 golpes de chave de fenda. Na delegacia, ao confessar o crime, ele alegou que foi motivado por uma voz que o orientava.

O vigilante Dailton Gonçalves Ferreira, de 45 anos, era casado com a médica cubana Laidys Sosa Ulloa Gonçalves, de 37 anos.

Segundo o criminoso, essa voz dizia para ele levar o corpo da esposa até um castelo de pedras, localizado no ABC (região metropolitana de São Paulo), e lá deveria oferecê-lo em sacrifício.

Dominado pelas forças do mal

Crimes dessa natureza são cada vez mais corriqueiros e ocupam a maior parte dos noticiários de tevê. Diariamente, tomamos conhecimentos de crimes cometidos com requintes de crueldade. Roubos seguidos de morte, sequestros, estupros e tantos outros que chocam a sociedade.

E o fato é que muitos deles são cometidos por pessoas possessas por espíritos malignos que se manifestam nas mentes delas, levando-as a cometer atrocidades. Por isso, em muitos casos, depois de cometer o crime, o criminoso alega não se lembrar do que fez.

Dois tipos de manifestações

O Bispo Edir Macedo esclarece que há manifestações de espíritos na qual a pessoa fica consciente, ela sabe o que está fazendo, mas não tem controle da sua vontade. Porém, há as manifestações inconscientes, nas quais as pessoas tomam atitudes sem saber o que estão fazendo. Elas ficam completamente inertes e, nesse estado, matam, estupram, cometem horrores, porque o corpo e a mente delas foram usados pelas entidades.

Obviamente que essas pessoas terão que pagar pelos crimes cometidos, pois a justiça não reconhece a atuação das forças do mal. Ela leva em conta os fatos.

Leia também: Dentro do presídio eu caí na real

A única saída

Nesse caso, a única saída para elas é a fé na Palavra de Deus. Somente por meio dela é possível se ver livre da influência das forças do mal.

“Juridicamente, não há solução para essas pessoas. Mas a partir do momento que elas crerem na Palavra de Deus, Ele providenciará a solução para a vida delas.  Portanto, não importa quão facínora você é ou foi. Não importa o que você fez ou deixou de fazer. Se você receber o Espírito Santo, Ele te guiará para uma vida decente e honrada”, afirma o Bispo Macedo.

Acompanhe o depoimento de uma ex-presidiária que, mesmo atrás das grades, alcançou a verdadeira liberdade, a de espírito:

Por essa razão, a Universal – por meio do projeto Universal nos Presídios (UNP) – realiza um trabalho social e, sobretudo, espiritual dentro das penitenciárias. O objetivo é levar libertação espiritual e proporcionar a oportunidade de uma vida transformada por meio da fé.

Para conhecer mais sobre o grupo e suas ações, acesse a página oficial no Facebook, clicando aqui.

ler mais
Reportar erro

comentários

Comunicar erro

Comunique à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

É possível alguém cometer um crime por estar sob o domínio do mal?

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente


Fake news

Você sabe de alguma notícia falsa que tem circulado na internet sobre a igreja Universal? Relate aqui o caso que iremos trazer toda a verdade no site Mitos e Verdades

Formulário de Denúncia

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente


Expediente

Editora Executiva:

Cinthia Meibach

Coordenadora de Conteúdo:

Ivonete Soares

Repórteres:

Andre Batista, Daniel Cruz, Débora Picelli, Jeane Vidal, Michele Roza, Rafaella Rizzo, Sabrina Marques, Rafaela Dias



E-mail para Contato: redacao@sp.universal.org.br

Telefone:(11) 2392-3372

Endereço Rua João Boemer, 254 - Brás, São Paulo

Cep: 03018-000

Free WordPress Themes, Free Android Games