No leito do hospital, ela aprendeu a usar a fé

Entenda como os voluntários do Grupo da Saúde ajudaram Patrícia Silva a encontrar a saída para transformar a sua vida


Por Camila Dantas / Fotos: Demetrio Koch

Patrícia Silva, de 21 anos (foto acima), encontrou esperança e força para vencer um câncer nas palavras e orações dos voluntários do Grupo da Saúde da Universal. Em 2014, depois de uma queda, ela descobriu que estava com câncer na perna. Em seguida, ela começou a fazer quimioterapia, mas sem ter certeza de que seu problema seria solucionado.

Com o tratamento, o tumor até diminuiu, mas acabou prejudicando todo o fêmur. “O osso já estava corroído, então, se eu caísse novamente, seria perigoso e aí poderia ter de amputar a perna. Eu tinha de tomar muito cuidado.”

Por causa do tratamento que fazia, Patrícia ficou muito debilitada e foi internada várias vezes. Ela ainda precisou fazer uma cirurgia para a retirada do tumor. Mas, antes, ouviu do médico que poderia sair de lá com o membro amputado. “Pelo fato de eu ser magra e pelo tamanho do meu osso ser menor do que o normal, a prótese poderia ser rejeitada. Então, eu perderia minha perna.”

Ajuda bem presente
Os voluntários Luís Costa, de 44 anos, e sua esposa, Letícia Ferrarezi, de 40 anos, que participam do Grupo da Saúde, conheceram a jovem durante suas idas e vindas ao hospital. O casal sempre ia visitá-la para lhe passar palavras de esperança. “A conhecemos quando ela já estava com a doença. Comecei a ter contato com sua família e a realizar núcleos de oração em sua casa”, explica Luís.

Patrícia confessa que durante a internação alguns pensamentos de desânimo e medo vinham à sua mente, mas as palavras que recebia dos voluntários a ajudavam a combatê-los. “Aquelas demonstrações de carinho me confortavam. As palavras me davam forças para não desistir e vencer a doença.”

Letícia conta que esse acompanhamento foi primordial para que a jovem aprendesse a usar a fé a seu favor. “Ela estava naquela cama sem andar, carequinha, mas sempre com um sorriso no rosto, com a certeza de que Deus a tinha curado.”

Patrícia lembra que durante a cirurgia e a recuperação orava a Deus e Lhe pedia forças. “Não entendia o motivo de estar passando por aquilo, mas lembrava de tudo o que ouvia deles, das orações que faziam por mim, das visitas, da fé que me passavam e tudo aquilo me trazia paz e a certeza de que Jesus era comigo e, por isso, tudo ficaria bem. Hoje estou totalmente curada e, graças a Deus, com a minha perna”, conta.

Hoje, ela é muito grata pela ajuda que recebeu do Grupo da Saúde. “É um grupo muito acolhedor e que tem um carinho enorme por cada pessoa.”

Para Luís e Letícia, fazer parte desse trabalho é um privilégio: “nos dedicamos ao Grupo para ajudar as pessoas que precisam conhecer o Deus que cura e restaura”, diz Luís.

O que é
O Grupo da Saúde existe há um ano e foi criado com o objetivo de oferecer apoio espiritual tanto aos pacientes como aos profissionais da área da saúde. “O Grupo existe em todos os Estados brasileiros e hoje contamos com mais de 23 mil agentes em todo o País”, explica o Bispo Eduardo Ribeiro, responsável pelo trabalho no Brasil.

Mensalmente, são realizadas cerca de 60 mil visitas a enfermos e familiares em hospitais e residências. “Fazemos um treinamento para novos agentes, para que estejam capacitados a realizar o trabalho de capelania. Quem quiser se unir ao Grupo, pode procurar o coordenador local e receberá as informações que procura”, diz o Bispo.

É possível solicitar visita aos leitos ou lares pelo WhatsApp (11) 99748-7596. “Quem quiser informações de como se tornar um voluntário pode entrar em contato conosco pelo mesmo número”, finaliza.

ler mais
Notícias relacionadas
Reportar erro

comentários

Comunicar erro

Comunique à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

No leito do hospital, ela aprendeu a usar a fé

[recaptcha]

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente


Fake news

Você sabe de alguma notícia falsa que tem circulado na internet sobre a igreja Universal? Relate aqui o caso que iremos trazer toda a verdade no site Mitos e Verdades

Formulário de Denúncia

[recaptcha]

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente


Expediente

Editora Executiva:

Cinthia Meibach

Coordenadora de Conteúdo:

Ivonete Soares

Repórteres:

Andre Batista, Daniel Cruz, Débora Picelli, Jeane Vidal, Michele Roza, Rafaella Rizzo, Sabrina Marques, Rafaela Dias



E-mail para Contato: redacao@sp.universal.org.br

Telefone:(11) 2392-3372

Endereço Rua João Boemer, 254 - Brás, São Paulo

Cep: 03018-000

Free WordPress Themes, Free Android Games